Nesta quarta-feira (24), o Juventude superou o Atlético-GO por 3 a 0 no Alfredo Jaconi, em duelo válido pela 8ª rodada do Brasileirão Série B.

A vitória dos mandantes foi traçada ainda no primeiro tempo. Jádson precisou de apenas oito minutos para abrir o placar e Danilo Boza ampliou a vantagem. Na etapa complementar, Luiz Mandaca definiu o placar.

Com a vitória, o Juventude foi à 9 pontos na tabela de classificação, ocupando a 12ª posição. Por outro lado, o Atlético-GO segue com 15 pontos e pode deixar o G-4 ao término da rodada.

  • Juventude a encaminhou vitória no primeiro tempo

Sob comando do novo técnico Thiago Carprini, o Juventude ganhou maior confiança vitória contra a Chapecoense. Enquanto isso, o Dragão apostou no retorno do zagueiro Gazal (após cumprir suspensão) no lugar de Emerson Santos.

O Juventude assustou logo aos 5' após erro na saída de bola do Atlético-GO. Rodrigo Rodrigues dominou dentro da área e finalizou no canto esquerdo do goleiro, que espalmou. Porém, o primeiro gol saiu com apenas oito minutos de jogo.

Jadson surgiu muito bem posicionado pela esquerda dentro da área e finalizou cruzado com a bola quicando no gramado em direção ao canto direito, deixando o goleiro Ronaldo sem chances de defesa.

A equipe catarinense conseguiu cadenciar o jogo no restante do primeiro tempo buscando explorar os espaços mesmo com menos posse de bola, estratégia que resultou no segundo gol aos 34'. Em cobrança de escanteio, Nenê cobrou fechado e Danilo Boza testou firme à meia altura na direita.

Gabriel Tadiotto/ECJuventude
Gabriel Tadiotto/ECJuventude
  • Atlético-GO voltou a sofrer com a bola parada

Após um primeiro tempo com apenas três finalizações e nenhum chute no alvo, o Atlético-GO apostou na entrada do atacante Kelvin no lugar de Bruno Tubarão para a etapa complementar.

No entanto, o recuado Juventude conseguiu aproveitar rapidamente a oportunidade surgida aos 9' para transformar a vitória em goleada, novamente em lance de bola parada.

Nenê cobrou escanteio direto pela direita e Ronldo espalmou. A bola sobrou no mesmo lado e um novo cruzamento devolvendo para a esquerda indo em direção para Nenê, que levantou na área para Mandaca cabecear no chão, vendo a bola passar por baixo do goleiro.

O Atlético-GO pressionava mais o Juventude no segundo tempo, mas a bola parada mais uma vez demonstrou ser um grande problema para o Dragão nesta temporada, deixando a equipe sem reação para buscar o empate.

Por outro lado, o Juventude ainda teve uma clara chance de marcar o quarto com Daniel cabeceando em cima do marcador, uma bola que sobrou para o atacante Daniel chutar firme, por cima do gol, desperdiçando a oportunidade.

A última chance de gol do Atlético-GO veio nos acrêscimos. Aos 43', em jogada rápida pelo lado direito, Igor Torres recebeu cruzamento alto e testou firme, mas a bola saiu por cima do gol.

  • Sequência

Embalado, o Juventude volta a campo em duelo fora de casa contra o CRB (27/05, 17h), na 9ª rodada do Brasileirão Série B. Enquanto isso, o Atlético-GO enfrentará o Botafogo-SP (27/05, 18h).

VAVEL Logo
Sobre o autor