Vasco reage na reta final, vence Operário de virada e se mantém no G-4
Foto: Daniel Ramalho / Vasco

O Vasco é o time da virada! Depois de oito derrotas consecutivas como visitante na Série B, o Vasco voltou a vencer na noite desta terça-feira (04/10) pela 33ª rodada da competição.

O Operário esteve duas vezes na frente do placar, mas Bruno Tubarão e Alex Teixeira saem do banco para garantir a vitória de virada do Vasco.

Com o triunfo, o Vasco segue no G-4 da Série B, agora com 52 pontos. O Operário segue na zona de rebaixamento com apenas 32 pontos conquistados.

Vasco não se encontra no primeiro tempo

O primeiro tempo do Vasco foi assustador até para quem está acostumado com as partidas ruins da equipe na competição.

O Cruzmaltino não conseguiu uma boa jogada de gol e se mostrava perdido em campo. O técnico Jorginho manteve o atacante Raniel em campo, mesmo após as críticas da torcida. Não deu certo.

O atacante esbarrou nas próprias limitações e não conseguiu criar boas oportunidades de gols para a sua equipe. Nenê foi outro que esteve em um mau dia e também não conseguiu fazer seu jogo.

Mal ofensivamente e frágil defensivamente. Em uma jogada pela direita do Operário, a bola foi cruzada na área e Reina apareceu nas costas de Danilo Boza para empurrar para as redes e colocar o Operário na frente.

Os donos da casa não fizeram nada que justificasse terminar o primeiro tempo na frente. Mas a fragilidade defensiva do Vasco, algo rotineiro nessa Série B, garantiu a vitória do Operário nos primeiros 45 minutos de partida.

Vasco melhora, mas Thiago Rodrigues falha

O técnico Jorginho voltou com algumas alterações para o segundo tempo. Marlon Gomes, Bruno Tubarão e Alex Teixeira entraram e deram outra cara para o time do Vasco.

A equipe melhorou e começou a criar algumas oportunidades. Bruno Tubarão cobrou escanteio, a zaga do Operário rebateu mal e a bola sobrou para o próprio Tubarão. Ele bateu colocado e empatou a partida para o Vasco.

E por muito pouco Bruno Tubarão não virou para o Vasco no lance seguinte. Após tabela com Alex Teixeira, o atacante recebeu passe de frente pro gol, mas pegou mal na bola e mandou pra fora.

Mas a fragilidade defensiva do Vasco voltou a aparecer. Primeiro, o Operário levantou bola na área, Thiago Rodrigues soltou e Danilo Boza salvou em cima da linha.

No lance seguinte, mais uma bola levantada na área do Vasco e novamente Thiago Rodrigues saiu mal. Dessa vez ele rebateu a bola para frente do gol. Paulo Victor recebeu, se livrou da marcação e chutou no cantinho para colocar o Operário na frente de novo e complicar e muito a situação do Vasco.

Alex Teixeira faz dois gols no fim e garante virada heroica do Vasco

Quando tudo parecia perdido, enfim brilhou a estrela de Alex Teixeira. O atacante que ainda não tinha marcado gols pelo Gigante da Colina apareceu na hora decisiva e assumiu a responsabilidade.

Aos 44, o atacante recebeu cruzamento de Figueiredo dentro da área e tocou no cantinho para deixar tudo igual.

E aos 49, após bela troca de passes que começou com Andrey, Alex Teixeira recebeu passe dentro da área de Gabriel Pec e só desviou para o gol, para garantir a virada vascaína.

Muita festa dos jogadores que tiraram um peso enorme das costas e garantiram a vitória do Vasco depois de oito derrotas seguidas como visitante. A briga pelo acesso segue intensa, mas o resultado faz com que ele fique cada vez mais próximo.

VAVEL Logo