A torcida corinthiana não está satisfeita com as atuações do time na temporada. Já são 4 derrotas consecutivas no campeonato paulista, se mantendo na lanterna do grupo C, com apenas uma vitória em cinco jogos.

No campo, o Corinthians viu o Novorizontino marcar 3 a 0 em plena Neo Química Arena, com 3 gols de Jenison. Apesar de Yuri Alberto diminuir, não foi o bastante para evitar a quarta derrota consecutiva do Timão no Campeonato Paulista.

Após a partida, a principal torcida organizada do clube, Gaviões da Fiel, vaiou e protestou contra o técnico Mano Menezes, pedindo sua demissão. “Mano *****, fora do Timão”, cantavam.

Durante a coletiva, Mano não se mostrou contente com a atuação de sua equipe. Para ele, o Corinthians foi “horrivelmente mal” no segundo tempo. Destacou ainda que, apesar da falta de reforços, o time precisa render mais com as peças que tem à disposição.

Questionado por algumas trocas que realizou, como a substituição de Raniele ao invés de Maycon, Mano explica: "Já estava com cartão, no intervalo relatou que teve uma pequena batida no primeiro tempo. Não precisava mais de um volante defensivo, porque o adversário baixou e precisávamos de um meia mais na frente", justificou.

Com a pressão da torcida e em um ambiente conturbado, o técnico da equipe alvinegra vai precisar melhorar muito e o mais rápido possível. Para isso, Mano Menezes esboça algumas estratégias, como a possibilidade de utilizar 4-4-2 ou 4-1-3-2 para atuar com Yuri Alberto e Pedro Raul nos próximos jogos. Segundo ele, Yuri não faz a ponta, mas pode ser esse segundo atacante.

O Corinthians volta a jogar na quarta-feira para encarar o Santos na Vila Belmiro. O timão terá poucos dias para se preparar para o segundo clássico do ano e tentar uma reviravolta na temporada.