NFC Sul: Saints dominam divisão e Tom Brady comanda evolução dos Buccaneers
Kyle Zedaker/Tampa Bay Buccaneers

A última semana da temporada regular da NFL promete fortes emoções em muitas divisões, mas a NFC Sul está praticamente definida. Com os Saints campeões e Bucs classificados aos playoffs, tanto Falcons como Panthers já estão eliminados.

Mesmo assim, há interesses que podem ser definidos com resultados finais no próximo domingo (3). Pensando nisto, a VAVEL Brasil apresenta como cada divisão chega para a última e decisiva semana.

  • New Orleans Saints (11-4)

Uma temporada que poderia ter sido melhor para New Orleans. No entanto, a lesão de Drew Brees até poderia deixar o time mais fraco, mas Taysom Hill soube comandar os Saints e manter a franquia em alta até a volta do titular.

Mesmo com os Buccaneers mais fortes, a franquia controlou até o fim a liderança e se manteve como campeã do Sul. Agora, o objetivo é fazer com que a chegada nos playoffs faça com que o ataque de Alvin Kamara e a defesa de DeMario Davis seja ainda mais letal. Ainda que distante, a equipe ainda pode buscar a melhor campanha da Conferência Nacional. Para isso, precisa vencer e torcer por derrotas de Seattle Seahawks e Green Bay Packers diante de San Francisco 49ers e Chicago Bears, respectivamente.

Principais destaques

Drew Brees: 2741 jardas, 21 touchdowns e seis interceptações

Alvin Kamara: 187 corridas, 932 jardas e 16 touchdowns

  • Tampa Bay Buccaneers (10-5)

A chegada de Tom Brady trouxe a mudança necessária para os Buccaneers em 2020. Com um ataque de peso, reforçado por Gronkowski e Antonio Brown, aliado a uma defesa excepcional trouxe reflexos em uma crescente de produção nos dois lados. Como toda temporada de estreia, a irregularidade em alguns pontos fez com que o time perdesse força e não conseguisse conquistar a divisão.

Apesar disto, a sonhada vaga nos playoffs chegou pela primeira vez desde 2007. Sob o comando de Bruce Arians, Tampa Bay tem motivos para sonhar com uma participação de destaque. Com os ajustes certos, o time da Flórida pode fazer muito barulho, mas sabe que forças ainda maiores podem atrapalhar seu caminho rumo ao Super Bowl em seu próprio estádio.

Principais destaques

Tom Brady: 4234 jardas, 36 touchdowns e 11 interceptações

Mike Evans: 67 recepções, 960 jardas e 13 touchdowns

  • Carolina Panthers (5-10)

Foi mais uma temporada difícil dos Panthers. Com poucas opções de destaque, a franquia virou uma prese fácil para quase todos os times que triunfaram sem tantos problemas. Com Christian McCaffrey lesionado por quase todo o ano, Carolina já trabalha pensando na nova temporada.

Mesmo com tantas dificuldades, a esperança é que Matt Rhule consiga conduzir a equipe em uma boa free agency e Draft. Para isso, até uma derrota na última semana não será tão ruim em um ano em que poucas coisas deram certo.

Principais destaques

Teddy Bridgewater: 3557 jardas, 15 touchdowns e 9 interceptações

Robby Anderson: 92 recepções, 1056 jardas e três touchdowns

  • Atlanta Falcons (4-11)

Um começo ruim, uma melhora rápida, mas uma nova queda. O Atlanta Falcons conviveu com altos e baixos em 2020 e, principalmente, viradas. Manter um ritmo do começo ao fim foi quase impossível para o time que teve bons momentos.

Diferente de rivais com desempenhos semelhantes, os Falcons possuem um time mais equilibrado e com bons talentos. Defesa e ataque precisam evoluir para o próximo ano, mas um novo treinador será fundamental para colocar a equipe nos trilhos.

Principais destaques

Matt Ryan: 4316 jardas, 24 touchdowns e 11 interceptações

Todd Gurley: 186 corridas, 660 jardas e nove touchdowns

VAVEL Logo