Tampa Bay Buccaneers vence Dallas Cowboys a segundos do fim na abertura da NFL
Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Setembro sempre chega junto com a nova temporada da National Football League (NFL). Após a longa e costumeira espera de todos os anos, o primeiro jogo na edição 2021-22 da principal liga de futebol americano do mundo foi realizado na noite desta quinta-feira (9). Em jogo disputado no Raymond James Stadium, em Tampa/EUA, o Tampa Bay Buccaneers enfrentou o Dallas Cowboys e venceu por 31 a 29. Em um jogo de emoção intensa, com bons números dos dois quarterbacks, restaram aos kickers decidirem o resultado da partida.

Primeiro período

Apesar de estarem reforçadas, as dificuldades pelo pouco tempo de pré-temporada, além de todos os protocolos para evitar nova disseminação do novo coronavírus entre os elencos do grupo, a falta de entrosamento e o ritmo de jogo eram notáveis. Um lançamento um pouco mais fraco ou mais forte, o ritmo da corrida para alcançar a bola e outros detalhes ficaram bem nítidos, mas o jogo foi bem acirrado. Após um punt de cada lado, os atuais campeões anotaram o primeiro touchdown da temporada em uma jogada com pouco mais de quatro minutos de duração. Com bons passes de Tom Brady, o quarterback acertou um de cinco jardas para Chris Godwin e os primeiros pontos foram marcados junto com o field goal acertado por Ryan Succop.

Mas a resposta do Dallas Cowboys veio na posse de bola seguinte. Com a opção do jogo aéreo, Dak Prescott mostrava muita confiança no seu retorno aos gramados, apesar das informações darem conta de um problema muscular no ombro. Com passes certos, veio a jogada que empatou o jogo. O QB lançou para CeeDee Lamb em jogada de 22 jardas e Greg Zuerlein acertou o chute do ponto extra.

Divulgação/Tampa Bay Buccaneers
Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Segundo período

Com a boa variedade entre os passes de Tom Brady e os avanços terrestres feitos principalmente por Leonard Fournette, os Bucs foram rápidos e muito tranquilos para voltarem a ficar na frente do placar. Em curto passe de duas jardas para Rob Gronkowski, a equipe da Flórida voltou a ficar na frente do placar. Foi o centésimo touchdown na combinação passe de Brady e recepção de Gronk. Os texanos poderiam diminuir a diferença minutos depois, mas Greg Zuerlein errou FG de 31 jardas. Porém, na primeira jogada de Tampa, o defensive end Randy Gregory recuperou a posse de bola e a equipe aproveitou a nova chance. Amari Cooper recebeu de Dak e anotou TD de cinco jardas.

O erro voltou a se repetir nos mandantes. Brady acionou Fournette, mas Trevon Diggs atrapalhou com interceptação. Desta vez, Zuerlein acertou FG de 35 jardas. Mas a alegria durou pouco. Menos de 40 segundos depois, Antonio Brown recebeu passe de 47 jardas feito por Tom Brady e recolocou a equipe da casa na frente do placar. Ainda que houvesse outra interceptação no último lance do primeiro tempo, Zuerlein errou FG de 60 jardas e o primeiro tempo terminou com vitória dos Bucs por 21 a 16.

Divulgação/Tampa Bay Buccaneers
Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Terceiro período

Mais aclimatados com o jogo, Dallas Cowboys teve um desempenho ainda mais seguro no terceiro período. O ataque continuava bem graças a Dak Prescott e a defesa conseguia neutralizar a força ofensiva dos Bucs de Brady, Fournette, Brown, Godwin e cia. Após um FG de 21 jardas convertido, Dallas poderia ter a vantagem no placar, mas Carlton Davis interceptou passe que resultou em TD de Rob Gronkowski. Passe de 11 jardas e mais seis pontos aos mandantes. Incansáveis, os visitantes tinham mais paciência em controlar o relógio e avançar no campo. Após quase seis minutos de posse de bola, os texanos voltaram a encostar no placar quando Dak Prescott acionou Amari Cooper em TD de 21 jardas.

Divulgação/Tampa Bay Buccaneers
Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Último período

Após os bons números ofensivos e defensivos, os times especiais entraram em campo e tiveram o protagonismo em decidir um confronto bem equilibrado e disputado. Os Cowboys ficaram na frente do placar após Jourdan Lewis provocar novo fumble, recuperar a posse de bola e Greg Zuerlein acertar FG de 48 jardas a 90 segundos do fim do jogo.

Em condições normais, o tempo reduzido para o encerramento da partida pode ser praticamente uma garantia da vitória. Não quando se tem Tom Brady do outro lado. Aos 44 anos de idade, o quarterback segue com potencial irretocável. Após bons passes, soube usar bem o relógio, ganhar boa posição no campo para que o kicker Ryan Succop garantisse a vitória em um field goal de 36 jardas. A sete segundos do fim, o chute garantiu a vitória por 31 a 29.

Chute da vitória | Divulgação/Tampa Bay Buccaneers
Chute da vitória | Divulgação/Tampa Bay Buccaneers

Sequência

As franquias irão entrar em campo pela segunda rodada apenas no domingo (19). Enquanto Tampa Bay Buccaneers joga novamente no Raymond James Stadium, em Tampa/EUA, para enfrentar o Atlanta Falcons às 17h05, o Dallas Cowboys cruza os Estados Unidos para encarar o Los Angeles Chargers no SoFi Stadium, em Inglewood, Califórnia/EUA, às 17h25.

Destaques

Tampa Bay Buccaneers

  • QB #12 Tom Brady – 32/50 passes, 379 jardas, quatro TD e duas interceptações
  • RB #7 Leonard Fournette – nove corridas e 32 jardas
  • TE #87 Rob Gronkowski – oito recepções, 90 jardas e dois TD

Dallas Cowboys

  • QB #4 Dak Prescott – 42/58 passes, 403 jardas, três TD e uma interceptação
  • RB #21 Ezekiel Elliott – 11 corridas e 33 jardas
  • WR #19 Amari Cooper – 13 recepções, 139 jardas e dois TD
VAVEL Logo