Urban Meyer se desculpa por vídeo extraconjugal e dono do Jaguars admite "conduta imperdoável"
Foto: Divulgação / NFL

Atual head coach do Jacksonville JaguarsUrban Meyer se viu envolto em uma polêmica. Nada a ver com a equipe dirigida por ele - que, mesmo tendo duas escolhas na primeira rodada (incluindo a primeira) e duas na segunda rodada do Draft NFL 2021. A situação é extracampo.

No último dia 30, os Jaguars foram derrotados pelo Cincinnati Bengals no Thursday Night Football, por 24 a 21, no Paul Brown Stadium, em Cincinnati/EUA. A delegação da equipe viajou de volta à Flórida no mesmo dia, mas Meyer ficou em Ohio, indicando que visitaria os netos. Natural de Toledo, no mesmo estado (cidade em que fica a sede do Ohio State Buckeyes, uma das mais tradicionais universidades e equipes de futebol americano universitário, cujo Meyer foi treinador entre 2012 e 2018), foi flagrado em um bar com uma mulher que não era a esposa dele, Shelley Mather Meyer. A viagem entre Cincinnati e Toledo dura cerca de 320 quilômetros. O vídeo começou a viralizar no último sábado (2) após a partida.

Na segunda-feira (4), o técnico pediu desculpas pelo ato. "Eu apenas pedi desculpas para a equipe e ao meu staff por ser uma distração. Eu expliquei tudo o que aconteceu e assumi, foi apenas estupidez, eu não deveria me colocar naquele tipo de posição", pontuou.

Para explicar o motivo pelo qual dançou com a moça, Meyer voltou a destacar que não deveria ter feito o ato. "Nós fomos jantar em um restaurante naquela noite. Havia um grande grupo ao lado do nosso restaurante. Eles queriam que eu fosse até lá para tirarem fotos e eu fui. Eles tentaram me puxar para a pista de dança, gritando e me pulando, e eu simplesmente deveria ter saído de lá", destacou.

Nesta quarta-feira (6), os repórteres Ian Rapoport e Aditi Kinkhabwala também destacaram que o técnico conversou com os jogadores sobre a polêmica.

Palavras do chefe

O head coach também afirmou que conversou com Shahid Khan, dono do Jags, e com Trent Baalke, general manager da franquia. Na terça-feira (5), Khan comentou que a conversa foi dura. "Eu manifestei meu descontentamento. O que posso dizer é que a conduta que ele teve é imperdoável. Eu acredito que ele esteja arrependido. Mas agora, ele precisa reconquistar nossa confiança e nosso respeito", disparou.

As palavras duras ditas inicialmente, entretanto, deram brecha para uma virada do profissional. "Meyer terá que se comprometer com cada um que apoia, representa e joga pela nossa equipe. Estou confiante que ele conseguirá fazer isso", finalizou o empresário.

VAVEL Logo