Patriots 'on' e reconstrução de Jaguars e Texans: o mercado de transferências da NFL
Mike Nowak/Los Angeles Chargers

A free agency da NFL teve início no dia 15 de março, mas apenas hoje, 17, as equipes poderiam assinar os vínculos e anunciarem os reforços. Mesmo assim, novas contratações continuam sendo feitas a cada minuto e a Vavel selecionou as principais negociações envolvidas até aqui com destaques para as atuações dos Patriots, Jaguars e Texans.

Dinheiro na mesa e contratos assinados

Sem dúvida, a equipe que mais finalizou contratações foi os Patriots que contrataram oito jogadores só no primeiro dia. Entre os principais destaques estão as contratações de Matt Judon, pass rusher dos Ravens e Jonnu Smith, ex-Tennessee Titans. Para a defesa, o defensive end chega para acrescentar em opções para pressionar os quarterbacks adversários. Já no ataque, a renovação de Cam Newton traz munições para elevar o nível do time que sofreu principalmente na posição de tight end desde a aposentadoria de Rob Gronkowski.

Além das duas novas peças: o defensive line Henry Anderson, os wide receivers Kendrick Bourne e Nelson Agholor, os tight ends Jonnu Smith e Hunter Henry, o pass rusher Matt Judon, o defensive back Jalen Mills, o center Ted Karras, o defensive tackle Davon Godchaux e o offensive tackle Trent Brown.

Jaguars e Texans em reestruturação

Depois de péssimas temporadas, Jacksonville e Houston conseguiram ter um bom espaço no teto salarial e agora trabalham para voltar a terem resultados positivos em 2021. Nos Jaguars, a situação é ainda melhor pois com um maior espaço na folha a equipe pode tentar trazer jogadores de níveis mais altos para levantar o ânimo do time que possui primeira escolha geral do Draft deste ano. Com Urban Meyer no comando, a franquia tem reforçado defesa e ataque com as aquisições de Shaquill Griffin e Carlos Hyde, ambos ex-jogadores do Seattle Seahawks, e Marvin Jones, recebedor que estava no Detroit Lions.

Os Texans, apesar de não contratarem nenhum grande jogador, trouxeram nomes que teriam espaços em outras equipes como Mark Ingram, Terrance Brooks e Marcus Cannon. Com a possibilidade de perder Deshaun Watson, Houston também adquiriu Tyrod Taylor, ex-Chargers, mas sabe que a situação ainda precisará ser melhorada em busca de uma tentativa de manter o quarterback. Além disso, as sentidas saídas de JJ Watt e DeAndre Hopkins não tiveram reposições até agora e preocupam para a temporada 2021.

Renovações em Tampa

Se o risco dos Buccaneers perderem alguém na free agency poderia ser alto, a franquia conseguiu manter praticamente todo os principais jogadores que foram campeões em 2020. Além do espaço no teto salarial, a equipe conseguiu renovar e reformular o contrato de Tom Brady, o que deu ainda mais espaço para a franquia trabalhar.

Com isso, Ryan Succop, Lavonte David, Rob Gronkowski, Kevin Minter, Aaron Stinnie e Shaquil Barrett estenderam seus vínculos e ainda a franchise tag foi colocada em Chris Godwin, o que proporcionou pelo menos mais um ano em Tampa Bay. Entre os grandes nomes da franquia na temporada anterior apenas Antonio Brown e Leonard Fournette seguem sem contrato, mas certamente trabalham para continuar na Flórida.

  • Outras negociações importantes até o dia 17/03

  • Trey Hendrickson, ex-Saints, nos Bengals
  • Emmanuel Sanders, ex-Saints, assinando com os Bills
  • Carl Lawson, ex-Bengals, fechando com os Jets
  • Patrick Peterson, ex-Cardinals, fechando com os Vikings
  • Bud Dupree, ex-Steelers, indo para os Titans
  • Joe Thuney, ex-Patriots, fechou com os Chiefs
  • Yannick Ngakoue, ex-Ravens, nos Raiders
  • Corey Linsley, ex-Packers, assinou com os Chargers
  • Leonard Williams renovou com os Giants
  • Ryan Fitzpatrick, ex-Dolphins, fechou com Washington
  • Andy Dalton, ex-Cowboys, jogará nos Bears
  • Aaron Jones continuará nos Packers
  • Leonard Williams também renovou contrato com os Rams
  • Trent Williams acertou extensão com os 49ers
VAVEL Logo