Sabalenka reage, vira sobre Vondrousova e avança no Aberto da Austrália
Foto: Divulgação/Australian Open

A #2 Aryna Sabalenka estava tentando reagir aos maus momentos desde o início da temporada. Apesar de algumas vitórias, as más exibições eram nítidas. Nesta sexta-feira (21), a belarussa conseguiu uma boa atuação. Em jogo válido pela terceira rodada do Australian Open, Sabalenka enfrentou a tcheca #41 Marketa Vondrousova e fez sua melhor exibição no ano.

A belarussa fechou a partida de virada em 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/3 e 6/1, em jogo que durou 1h49. Esta foi a terceira partida de Sabalenka no torneio, e a terceira vez que ela sai atrás e consegue a vitória.

A vice-líder do ranking entrou em quadra tentando contrariar as previsões iniciais, onde as casas de apostas a colocavam como zebra na partida, principalmente pelo mau início de temporada, principalmente pelas 70 duplas faltas nos quatro primeiros jogos de 2022, sendo 31 destas apenas no Australian Open. 

Entretanto, Sabalenka esteve diferente. Apesar de dez duplas faltas, a belarussa conseguiu impor seu jogo e, apesar de ter perdido o primeiro set por 6/4, conseguiu reagir nas duas parciais seguintes. Ao fim do jogo, a própria jogadora brincou a situação das duplas faltas e disse que estava muito feliz por ter cometido apenas dez. 

No segundo set, inclusive, chegou a abrir 4/1 e obteve 20 dos 22 pontos tentados em seu primeiro serviço, uma marca de mais de 90% de aproveitamento, o que contribuiu bastante para a vitória por 6/3. 

No terceiro set, Sabalenka aproveitou a queda de concentração e de confiança de Vondrousova, nitidamente afetada pela derrota no set anterior, e aplicou 6/1, em apenas 33 minutos. 

Apesar de ter tido 36 erros não-forçados, a jogadora de 23 anos conquistou o mesmo número de winners e ainda forcou cinco quebras de serviço. 

O que vem por aí

Com o triunfo, além de ter garantido a vantagem no confronto direto contra Vondrousova - agora com três vitórias em cinco jogos -, Sabalenka garantiu vaga nas oitavas de final do Aberto da Austrália para enfrentar a veterana estoniana #115 Kaia Kanepi, que bateu a wildcard australiana #133 Maddison Inglis,, também por 2 sets a 1, igualmente de virada. 

Até aqui, no único confronto entre as duas no circuito profissional, em 2021, no Gippsland Trophy, também em Melbourne, que terminou com vitória da estoniana por 2 sets a 1.

VAVEL Logo