FC Porto x Roma: Que venha a segunda-mão!

FC Porto e AS Roma empataram esta noite a um golo no Estádio do Dragão. Os italianos beneficiaram da desatenção de Felipe ainda no primeiro tempo e partem para Roma com desvantagem.

FC Porto x Roma: Que venha a segunda-mão!
FC Porto x Roma: Que venha a segunda-mão

Nem a jogar contra dez o FC Porto conseguiu bater a AS Roma esta noite no Estádio do Dragão, a organização defensiva dos italianos foi grande demais para poder contrariar o resultado. 

Um Dragão esforçado que cuspiu fogo perante o poderio italiano parte para a segunda-mão em desvantagem, mas não é por isso que parte com menos força. Antes pelo contrário, a equipa de Nuno Espírito Santo parece decidida a fazer valer o estatuto de grande do Futebol Europeu e não vai facilitar em nada as contas da equipa de Totti para a segunda-mão. 

Um azar do Felipe! 

Como seria de esperar a equipa italiana entrou forte no Estádio do Dragão, em boa verdade, e na teoria, eram os favoritos à vitória esta noite, mas também é certo que se esqueceram de que a equipa de Nuno Espírito Santo estava a jogar em casa e ali, quem manda são os adeptos. 

O tempo foi passando e a zona de conforto da equipa da Roma estava a aumentar e aumentou muito mais quando aos 21', Felipe dá uma ajuda. 

A equipa de Totti conseguiu ficar na frente do marcador por "culpa" de Felipe.
A equipa de Totti conseguiu ficar na frente do marcador por "culpa" de Felipe.

Depois de um canto de Salah, Dzeko não foi a tempo de desviar e a realidade é que a bola foi acabar por bater na perna do central portista para fazer a diferença no marcador. 1-0 a favor dos visitantes e nem meia hora de jogo estava feita. 

Até aos 40' a dificuldade azul e branca na construção de jogo foi por demais evidente e quando começaram a crescer , a equipa italiana fez asneira. Vermaelen viu o segundo amarelo ainda antes do intervalo depois de ter atropeladoAndré Silva à entrada da àrea. A Roma estava a jogar com menos um e o FC Porto tinha agora a oportunidade que precisava para fazer valer uma segunda parte a jogar contra dez. 

Esforço, dedicação, vontade e outra vez....André Silva 

E ao contrário daquilo que aconteceu na primeira metade, na segunda parte a conversa foi outra. 

Os azuis e brancos entraram com fome de empate e a verdade é que logo aos 50' Adrián Lopez aproveitou um remate de André Silva para atirar para o fundo da baliza, o problema? O fora de jogo. 

Mas como quem espera e tenta sempre alcança, o FC Porto foi tentando, tentando e da mesma maneira que Felipe deu uma ajuda à equipa visitante na primeira parte, no segundo tempo foi a vez de Emerson dar uma mãozinha. 

Castigo máximo a favor do FC Porto, chamado a marcar, André Silva não perdoou  e acabou por garantir o empate aos 60'. Até ao final da partida destaque para o número de tentativas falhadas por parte dos azuis e brancos. 

André Silva
André Silva levou a equipa ao empate ao bater dos 60

Já a Roma tentou contrariar, mas sem sucesso. Ainda assim, apesar do empate, a equipa italiana parte em vantagem para a segunda-mão. Resta saber como é que tudo irá correr, porque pelos azuis e brancos... a vontade de vencer está lá. 

Futebol Internacional