Arouca guerreiro fora da Europa: Olympiakos vence 2-1 no prolongamento

O Arouca falhou o acesso à fase de grupos da Liga Europa, ao perder por 2-1 em solo grego. Os arouquenses levaram o duelo para prolongamento, mas o Olympiakos de Paulo Bento acabou por se superiorizar nos momentos decisivos, dando a volta ao marcador.

Arouca guerreiro fora da Europa: Olympiakos vence 2-1 no prolongamento
O Arouca está fora das competições europeias // Foto: publico.pt

O Arouca não teve a estrelinha que desejava. Os pupilos de Lito Vidigal reagiram muito bem ao desaire da primeira mão, mas no final do play-off é o Olympiakos de Paulo Bento que festeja a presença na fase de grupos da Liga Europa. Os gregos limitaram-se a gerir a magra vantagem trazida de Portugal e o Arouca mostrou que não iria baixar os braços. O duelo foi globalmente equilibrado durante o tempo regulamentar e os arouquenses chegaram em algumas fases de jogo a assustar o campeão grego. Ao minuto 80, Gêgê provocou uma explosão de alegria para os lusos, igualando a eliminatória, na sequência de um livre amplamente bem convertido.

O encontro acabou por se decidir no prolongamento e aí valeu a tarimba europeia do Olympiakos para carimbar o passaporte para a fase seguinte da Liga Europa. Ao minuto 94, o ex-bracarense Pardo bateu um canto e encontrou Dominguez solto na área para voltar a colocar os gregos no caminho do sucesso. O Arouca quebrou fisicamente e psicologicamente, dando a iniciativa de jogo ao Olympiakos. Aos 113 minutos, Ideye matou a eliminatória, fixando o resultado final depois de uma assistência do português André Martins.

O Arouca merecia outra sorte, principalmente na forma injusta com que foi derrotado na primeira mão perante o seu público. O Olympiakos puxou dos galões e soube atacar a eliminatória nas alturas certas. O Braga será assim a única equipa lusa na Liga Europa, mas o Arouca mostrou que também é uma equipa guerreira e muito bem orientada tacticamente.