Reforços em banho-maria
João Mário, Ricardo Esgaio e Fokobo ainda longe da equipa principal do Sporting (Foto: Record)

Reforços em banho-maria

Fabrice Fokobo, João Mário e Ricardo Esgaio pareciam ter lugar garantido no plantel do Sporting para 2013/14 mas contra todas as apostas acabaram por permancer na equipa B dos leões. Até agora não mereceram qualquer chamada da parte de Leonardo Jardim e parece pouco provável que venham a integrar a equipa principal já em Janeiro.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Eram dados como certos na equipa principal dos leões mas Leonardo Jardim ter-lhes-á trocado as voltas. Fabrice Fokobo, João Mário e Ricardo Esgaio vinham num percurso ascendente cujo desfecho natural era a inclusão no plantel da equipa A, dando seguimento a provas de qualidade muito relevantes demonstradas ao longo da última época.

Porém, com o desenrolar da pré-época, cedo se percebeu que os três jogadores pareciam não contar, para já, para o novo técnico leonino. A ausência da convocatória para o estágio no Canadá foi mesmo a prova que faltava de que estas estrelas da formação leonina veriam adiado, por pelo menos um ano, a concretização do sonho de figurar no grupo de jogadores da equipa principal da formação de Alvalade.

Renovações ainda acalentaram esperança

As renovações de contrato, em junho deste ano, de João Mário e Ricardo Esgaio ainda deram a ideia de que os dois médios acabariam por integrar o grupo, mas a chegada de jogadores como Gerson Magrão acabou com todas as dúvidas. A prorrogação dos vínculos até 2018 foi, ainda assim, uma demonstração de confiança nos dois jogadores...para o futuro.

Por outro lado o defesa/médio Fokobo continuou (e continua) com a sua situação indefinida em Alvalade, aparentemente com uma falta de entendimento quanto à renovação do seu contrato que nesta altura é válido até 2015. A recusa em assinar o novo vínculo, assim como alguns problemas disciplinares por saídas nocturnas, terão levado o jogador a ser impedido de competir sequer pela equipa B no início da presente temporada.

Da explosão à estagnação

Fokobo, João Mário e Esgaio foram três das maiores promessas da Academia Sporting elevadas a certezas na última temporada, e todos eles tiveram a oportunidade de se estrear com a camisola principal dos leões.

O defesa camaronês brilhou na equipa de juniores leonina na NextGen e chegou a ser lançado por Jesualdo Ferreira no decorrer do Sporting – Porto, em Alvalade. Ganhou depois posição nos “B” e as suas carecterísticas indiciavam poder vir a competir pelo lugar de trinco dos leões com Fabian Rinaudo.

João Mário foi espalhando o perfume do seu futebol ao longo de toda a temporada e a participação no Mundial de Sub-20 na Turquia, onde brilhou ao mais alto nível, colocavam-no praticamente com os dois pés no plantel de Leonardo Jardim, lado a lado com Ricardo Esgaio, o segundo melhor marcador da II Liga em 2012/13, com 17 golos marcados.

Os três acabaram relegados para a equipa B do Sporting e não parecem ter nesta altura grande chances de a poder vir a integrar em Janeiro, numa hierarquia onde parecem até partir em desvantagem para jogadores como Rúben Semedo, Filipe Chaby e Carlos Mané.

Na formação comandada por Abel Ferreira regista-se inclusive a grande intermitência dos três nos onzes titulares da equipa secundária dos leões. João Mário tem sido consecutivamente suplente, enquanto que Fokobo tem sido aposta apenas nos últimos encontros e Ricardo Esgaio começa agora a revelar o “pé quente” da época passada, já com seis golos marcados.

Para pôr fim a uma evidente estagnação dos atletas, sobretudo no caso de João Mário, a administração leonina estuda nesta altura várias soluções para os jogadores, que podem passar por empréstimos a equipas do estrangeiro. Oportunidade para rodar e mudar de ares e dessa forma voltar às apostas de Jardim.

VAVEL Logo