Fome de dobradinha: 27 anos sem arrebatar a liga e a taça

Fome de dobradinha: 27 anos sem arrebatar a liga e a taça

Hoje, o Benfica terá a chance de repetir um feito que não vê a luz do dia desde a temporada 1986/1987, altura em que os encarnados venceram, tanto o campeonato nacional como a Taça de Portugal. O último obstáculo do percurso chama-se Rio Ave.

vavel
VAVEL

Longe vão os tempos em que o Benfica celebrou a famosa dobradinha: a conquista do campeonato e da Taça de Portugal na mesma temporada. A última época que presenciou tal façanha foi a de 1986/1987, quando a turma encarnada, treinada pelo inglês John Mortimore, arrecadou a liga nacional e depois a Taça da prova rainha, batendo o rival Sporting por 2-1. À distância de 27 anos de jejum no que à dobradinha diz respeito, o dia de hoje poderá, caso a vitória sorria às «águias», presenciar a repetição do feito alcançado no dia 7 de Junho de 1987, quando Diamantino bisou e ofereceu a glória à turma da Luz. 

Dias antes da conquista da Taça de Portugal, já o Benfica garantira o lugar cimeiro no campeonato nacional português, terminando a trigésima jornada com uma vitória na Luz perante o rival Sporting, por 2-1, com golos de Chiquinho Carlos e Nunes contra um tento apenas de Mário Jorge. Com dois pontos de avanço do FC Porto e dez sobre os «leões», o Benfica comemorou a consagração apenas com uma derrota no percurso, ainda que histórica e inesquecível: 7-1 contra o rival lisboeta leonino. Na trigésima ronda, uma invasão de campo ditou a segunda derrota do Benfica (e também do Braga, seu adversário), o que em nada alterou a hierarquia classificativa. 

Na equipa que levantou ambos os troféus constavam nomes como Shéu, Bento, Diamantino, Pietra, Veloso, Dito, Álvaro Magalhães, Carlos Manuel, Rui Águas ou Manniche. Hoje, às 17:45 horas, no Estádio do Jamor, o Benfica terá a oportunidade de voltar a dar uma grande alegria aos seus adeptos, fechando uma dobradinha que, no fundo, mais sabe a tripleta, já que os encarnados venceram uma outra competição que, à data, não figurava no cardápio: falamos pois da Taça da Liga. Caso consiga derrubar a resistência vilacondense, o Benfica de Jorge Jesus torna-se na primeira equipa da História nacional a arrecadar estes três troféus. 

VAVEL Logo