Mercedes debelou o problema sofrido no Canadá
(Foto: Mercedes)

Mercedes debelou o problema sofrido no Canadá

A Mercedes parece ter resolvido o problema que os seus dois monolugares sofreram no GP do Canadá. O Director da equipa de Brackley veio explicar que tudo se deveu a configurações erradas das temperaturas-limite do novo sistema de refrigeração do W05.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

Depois de no GP do Canadá a Mercedes ter visto os seus dois monolugares sofrer do mesmo problema praticamente em simultâneo, com Hamilton a ter de abandonar e Rosberg a sofrer para terminar a prova, ainda que tenha mantido o segundo lugar, Toto Wolff veio a público explicar que a marca debelou o problema de sobreaquecimento do sistema de recuperação de energia (MGU-K) ligado aos travões traseiros, uma das inovações trazidas para o ano de 2014.

Toto Wolff (Foto: Mercedes).

Segundo o Director da equipa, «Testámos um novo sistema de refrigeração pela primeira vez, e parece que o software ficou louco. Excedemos certas temperaturas, que foram mal calculadas.», explicou Wolff à agência noticiosa APA. «Sabemos exactamente o que foi, e não voltará a acontecer. A refrigeração em si não foi o problema. Apenas aconteceu que não tínhamos as temperaturas bem configuradas; não estavam a ser avaliadas como críticas. Agora sabemos os limites.»

A Mercedes espera, por isso, regressar às vitórias já no próximo fim-de-semana, no GP da Áustria, no circuito da sua rival Red Bull, o rebaptizado Red Bull Ring.

VAVEL Logo
CHAT