Estados Unidos - Bélgica  e  na Copa do Mundo
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

23:45. Da nossa parte, resta-nos agradecer ter-nos acompanhado em mais uma emissão da VAVEL Portugal. Estaremos de volta na próxima sexta-feira, para a primeira ronda de jogos dos Quartos de final!

23:42. Fica assim apurado o último apurado para os quartos de finais, Bélgica, uma justa vencedora de um jogo espectacular. A selecção belga promete, indo encontrar a Argentina no próximo Sábado.

23:40. Do lado da Bélgica, enorme destaque para De Bruyne, jogador de tenra idade que efectuou uma partida excelente, culminando com o golo que protagonizou e a excelente assistência a Lukaku, que garantiu o apuramento à Bélgica. 

23:38. Destaque claro para Howard, guarda-redes estadunidense, que em muitas ocasiões impediu a vantagem Belga, sendo um autêntico herói para a sua selecção. 

23:35. Excelente jogo, com um futebol incrível, que acabou com um resultado justo perante os 120 minutos no geral, contudo, que não reflete o final do prolongamento, com uns Estados Unidos altamente pressionantes e incansavelmente à procura do empate.

FIM DO JOGO, APURA-SE A BÉLGICA PARA OS QUARTOS DE FINAL!

120'. Vai-se jogar um minuto de compensação. O apuramento está perto para a Bélgica. 

119'. Estados Unidos muito pressionantes nos minutos finais, à procura do empate.

117'. Outra oportunidade desperdiçada para os norte americanos! Emoções ao rubro em Salvador da Baía. 

114'. Esteve tão perto o empate! Não fosse a confusão gerada na área, talvez a Bélgica acabasse a sofrer com o empate.

113'. Livre a favor dos Estados Unidos. 

113'. As duas equipas não desistem! Um jogo excelente, disputado até ao fim.

111'. Substituição na Bélgica: Sai Hazard, entra Chadli. 

111'. Howard outra vez! Lukaku fintou a defesa, furou e rematou para o guarda-redes, que desviou a bola da baliza.

109'. Estados Unidos outra vez! Desta vez foi Jones, mas passou ao lado da trave.

108'. Golo de Green, que entrou, marcou e arrasou! Excelente golo!

107'. GOOOOLO! DOS ESTADOS UNIDOS!

Inicia-se a segunda parte do prolongamento.

Fim da primeira parte do prolongamento.

105+2. Substituição nos Estados Unidos: Sai Bedoya, entra Green. 

105+1'. Excelente jogada de De Bruyne, que tem demonstrado uma qualidade incrível! Construiu a jogada e no momento certo passou a Lukaku, que não perdeu a oportunidade e deu mais um à Bélgica!

105'. GOOOOOOOLO!!! SEGUNDO DA BÉLGICA!

105'. Estados Unidos não desistem, mas com pouco perigo ofensivo.

105'. Howard de novo!!! O guardião americano não pára!!

103'. Jones no chão de novo! Desta vez foi De Bruyne, que assistiu imediatamente o adversário. 

100'. Jones recebe assistência média, após entrada muito perigosa de Vertonghen. Devia ter sido assinalada a falta, talvez mesmo mostrado o amarelo!

97'. Howard continua a brilhar! Perante uma Bélgica imensamente ofensiva, o guarda-redes não cede ao ataque, efectuando defesas de invejar. 

94'. Excelente jogada de Lukaku, que jogou em velocidade, culminando com um remate impecável de De Bruyne! Merecido para a Bélgica. 

93'. GOOOLOOOO! Bélgica!!!!

92'. Os jogadores não parecem acusar cansaço, continuando o jogo com ânimo.

INICIA-SE O PROLONGAMENTO.

Alteração na Bélgica: Sai Origi, entra Lukaku. 

TERMINA O TEMPO REGULAMENTAR. Vai-se jogar mais meia hora na Arena Fonte Nova. 

90+2'. Falhanço de Wondolowski, mesmo frente à baliza! Foi demasiado alta, a bola. 

90'. Vão-se jogar 3 minutos de compensação. 

90'. Howard de novo! De Bruyne centrou para Kompany, que encontrou alguma dificulade no remate. 

89'. A Bélgica não desiste, luta até ao último segundo. 

87'. Já se jogam os minutos finais, o prolongamento está cada vez mais próximo. 

86'. Estados Unidos sofrem perante uma Bélgica que não dá descanso, mas o guarda-redes estadunidense não permite aos Belgas inaugurar o marcador!

85'. Origi de novo! Grande remate, mais uma vez com Howard a ser um herói!

84'. Excelente jogo, agora numa fase de resposta constante! 

83'. A Bélgica bem tenta, mas está complicado! Já era merecido o golo...

79'. NINGUÉM PÁRA HOWARD! Nova grande defesa do guarda-redes norte americano, com uma prestação incrivél neste jogo!

77'. Bélgica está cada vez mais próxima de marcar, mas com dificuldades em finalizar, em grande parte pela excelente prestação de Howard!

76'. Nova extraordinária defesa de Howard! Estava o número 11 Belga isolado, grande frieza do guarda-redes norte americano que sucedeu impecavelmente. 

74'. Remate de Dempsey, esteve bem Courtois.

72'. Substituição nos Estados Unidos: Sai Zusi, entra Wondolowski. 

71'. Foi a vez de Origi estar perto de novo! Destaque para a excelente defesa de Howard, mais uma vez. 

68'. Esteve tão perto Witsel! Depois de troca de bola perto da área, o Belga rematou com força e precisão, mas saiu pela linha de fundo. 

65'. Destaque para uma segunda parte marcada por uma excelente exibição Belga, selecção que se demonstra muito pressionante, procurando espaços e a jogar bem em equipa. Uma Bélgica que está a pedir o golo!

62'. Jogo cada vez mais entusiasmante. As bancadas estão ao rubro!

61'. Substituição na Bélgica: Sai Mertens, entra Mirallas.

60'. Nova oportunidade para a Bélgica! Foi Mertens agora, esteve perto o golo. 

57'. Grande perigo na área Belga! Jones rematou. 

57'. Bélgica está de novo muito presente no ataque, a criar muito perigo a Howard.

56'. Grande cabeceamento de Origi, que bateu na trave!

54'. Que perda de oportunidade da Bélgica! Origi esteve perto, a bola passou por três companheiros de equipa, que nada fizeram. 

54'. Falta a favor dos Estados Unidos. 

52'. Estados Unidos continuam a tentar pressionar, ainda que sem perigo flagrante.

50'. Bélgica no ataque, a superioridade no jogo ofensivo mantem-se.

48'. Grande defesa de Howard! Mertens cabeceou com efeito, e uma defesa que parecia fácil acabou por não ser. 

47'. As duas equipas entram com uma boa continuação do jogo efectuado no primeiro bloco de jogo.

Inicia-se a 2ª parte na Arena Fonte Nova!

22:02. Está tudo a postos para o recomeço da partida. 

21:52. Destaque ainda para Howard, que tem feito um excelente trabalho. Espera-se uma boa segunda parte, com ambas as equipas a continuarem a lutar pelo golo que poderá conduzir à passagem à próxima fase.

21:50. Boa entrada do jogo de ambas as equipas, com a Bélgica a dominar mas os Estados Unidos a conseguirem equilibrar bem. Forte nos contra-ataques mas com fragilidades defensivas, os Estados Unidos não têm criado oportunidades tão flagrantes, ainda que tenham pressionado bem. 

Fim da primeira parte!

45 + 2'. Canto para a Bélgica, sem acusar perigo para Howard.

45'. Jogar-se-ão 3 minutos de compensação.

45'. Canto para os Estados Unidos. Marcou Zusi.

42'. Cartão amarelo para Kompany. Entrou duro sobre Dempsey. 

41'. Estados Unidos não desistem de procurar o golo!

40'. Falta de Bedoya, marca a Bélgica o livre mas sem perigo eminente para Howard.

38'. Estados Unidos a lutar muito, criando agora uma excelente oportunidade. Não fosse Van Buyten, talvez o marcador se tivesse alterado a favor dos estadunidenses.

36'. Falta de De Bruyne, o treinador norte americano pede o amarelo.

34'. Bélgica conta com 7 remates, frente a 2 dos Estados Unidos. As estatísticas demonstram o domínio Belga.

33'. Canto para os Estados Unidos.

32'. Substituição nos Estados Unidos: Sai Johnson, entra Yedlin. 

31'. Johnson está no chão com problemas musculares e vai ser substituído. Baixa significativa para os Estados Unidos, esta.

30'. Nova oportunidade para a Bélgica! Grande destaque para o bom ataque belga e fraca defesa americana.

28'. Novo pontapé de canto, cabeceou Gonzalez mas não houve perigo.

27'. Bélgica a dominar o ataque. Pontapé de canto.

26'. Excelente jogada dos diabos vermelhos, cortou exemplarmente a defesa americana!

23'. Grande falhanço da Bélgica! Correu Vertonghen com a bola mas De Bruyne falhou já perto da baliza, atirando para fora. Saiu mal o remate ao belga.

22'. Tentou Beasley, mas cortou Kompany com eficiência. 

21'. Jogada bem construída dos Estados Unidos! Rematou Dempsey, mas Courtois defendeu facilmente. 

18'. Falta agressiva de Cameron sobre Mertens. Cartão amarelo para o jogador estadunidense. 

17'. Jogo interrompido após um espectador ter entrado em campo com alguma facilidade. O jogo recomeça.

16'. Jogo equilibrado nos 15 minutos iniciais, com a Bélgica a entrar em força e uns Estados Unidos a conseguirem equilibrar gradualmente as forças no meio campo. 

14'. Origi está no chão com dificuldades, após entrada forte do 5 norte americano, Besler.

12'. Canto para a Bélgica. 

11'. Livre para a Bélgica, mas sem perigo.

8'. Destaque para um início de jogo intenso e rápido, promissor.

6'. Beasley tentou fugir a Fellaini, mas o Belga conseguiu levar o Americano a mandar para fora.

4'. Primeira tentativa dos Estados Unidos de se aproximarem da baliza de Courtois, mas esteve longe de resultar a jogada de Zusi.

2'. Ataca de novo a Bélgica! Os Belgas entram bem na partida.

1'. Primeira oportunidade para a Bélgica! Depois de fintar a defesa e fugir à marcação, o número 17 belga, Origi, esteve perto. Salvou Howard.

JÁ ROLA A BOLA! Sai dos Estados Unidos.

0'. As equipas preparam-se para o início da partida. 

0'. Tempo do hino Norte-Americano.

0'. Canta-se o hino Belga.

20:54. E as equipas entram em campo, juntamente com a equipa de arbitragem. 

20:50. Os jogadores já se preparam para entrar em campo!

20:32. No último jogo dos oitavos de final, destaque para o adversário da equipa que sair vencedora deste confronto: Argentina, numa partida a ser disputada no próximo Sábado, às 17 horas.

20:30. Enquanto que a Bélgica opta por um 4x3x3, os Estados Unidos vão usar um esquema táctico 4x2x3x1, fortificando a defesa e o meio campo e jogando com um único ponta de lança.

20:26. Suplentes dos Estados Unidos: Guzan, Rimando, Yedlin, Brooks, Chandler, Altidore, Diskerud, Green, Johansson, Wondolowski, Beckerman.

20:25. Suplentes da Bélgica: Mignolet, Bossut, Ciman, Dembelé, Januzaj, Chadli, Lukaku, Mirallas.

20:10. Nos Estados Unidos, destaque para a recuperação de Altidore que, ainda assim, não é titular. 

Estados Unidos: Howard; Johnson, Gonzalez, Besler, Beasley; Jones e Bedoya; Zusi, Bradley, Cameron; Dempsey (capitão)

Bélgica: Courtois; Alderweireld, Kompany (capitão), Van Buyten, Vetonghen; Witsel, Fellaini, De Bruyne, Origi; Hazard, Mertens.

Já temos onzes iniciais!

20:35. Como ponto fraco, é possível denotar que a equipa belga envolve demasiados jogadores no ataque, acabando por desguarnecer o sector mais recuado, sendo possível aos jogadores estadunidenses aproveitar esta provável falha defensiva.

20:35. Provavelmente com a melhor geração de jogadores da história do futebol belga, a Bélgica apresenta-se como tendo uma qualidade acima da média do meio campo para a frente, com destaque para Witsel e Fellaini, que controlam e dinamizam todo o meio campo. Ao longo deste Mundial, a equipa tem apresentado maior qualidade a atacar, contando com a inspiração da estrela da companhia Hazard, que evidencia uma velocidade estonteante, aliada a uma técnica acima da média.

20:30. A principal seta apontada aos defesas belgas é Dempsey, que já fez o gosto ao pé por duas vezes este Mundial, e juntamente com o regressado Altidor, serão a principal dor de cabeça para a equipa adversária nestes oitavos de final.

20:25. Esta postura do miolo americano ajuda a disfarçar as fragilidades defensivas que a equipa evidencia, sendo essas o principal ponto fraco. Diante de jogadores tão habilidosos como os belgas, os norte americanos terão que ter cuidados redobrados na marcação individual.

20:20. A formação dos Estados Unidos tem como principal trunfo a entreajuda e a união enquanto equipa, muito à imagem do experiente técnico Klinsmann. Nas partidas frente a Portugal e ao Gana, o meio campo americano pressionava na primeira fase de construção do adversário, exagerando por vezes na agressividade que imprimia aos lances e conseguindo assim partir para o ataque recuperando rapidamente a bola.

20:15. O médio Jermaine Jones também se encontra lesionado, contudo não está impossibilitado de jogar – poderá marcar presença com uma máscara protetora, após ter chocado com o colega de equipa Bedoya e ter fraturado o nariz.

20:10. Do lado norte americano, há que destacar o possível regresso de Altidor, que foi referido pelo selecionador estadunidense como possível opção. O avançado, que contraiu um problema muscular na partida que defrontou Estados Unidos e Gana, está a “progredir muito a cada dia”, conforme dito por Klinsmann em conferência de imprensa, que acrescentou: “Estamos muito esperançosos de que ele pode tomar parte no jogo contra a Bélgica”.

19:50. Também Fellaini poderá ficar de fora, agravando este panorama de ausências para Wilmots – o médio contraiu uma pequena lesão no treino de domingo, tendo necessitado de intervenção médica. Caso não possa jogar, são dois os médios que o seleccionador belga terá de substituir.

19:45. Do lado da Bélgica, destaque para a ausência de Defour. Após ser expulso no jogo frente à Coreia do Sul, o médio da selecção belga foi castigado com um jogo, pelo que não poderá ajudar os seus companheiros. Também Kompany, o capitão belga, poderá estar em dúvida, depois de faltar a alguns treinos com os colegas de equipa, indicando que poderá não recuperar a tempo do jogo.

19:20. Face aos confrontos históricos, o cenário parece mais favorável aos Belgas: das cinco vezes que as duas selecções se encontraram, a Bélgica triunfou por 4, vencendo por 1-0 (1995; 2011), 2-0 (1998) e 2-4 (2013), enquanto que os Estados Unidos apenas venceram uma vez (1930), numa partida a contar para a Copa do Mundo no Uruguai.

19:10. Do lado da Bélgica, há que destacar a prestação exemplar da selecção ao longo deste Mundial. Acabando no primeiro lugar do grupo H, os Belgas, liderados por Marc Wilmots, ainda só conquistaram vitórias, terminando a fase de grupos com 9 pontos. Encontraram a Argélia (2-1), Rússia (1-0) e Coreia do Sul (0-1), prometendo dar luta
à selecção norte-americana.

19:05. Neste Mundial, os Estados Unidos venceram um jogo, frente ao Gana (2-1), empataram outro, frente a Portugal (2-2) e perderam ainda contra a líder do grupo, Alemanha (1-0).

19:00. Os Estados Unidos, integrantes do Grupo G, passaram como segundos classificados, com 9 pontos, atrás da Alemanha e à frente de Portugal e Gana. Os Norte-Americanos passaram devido à diferença de golos, em confronto com a Seleção Nacional, tendo-se assim apurado para os oitavos de final.

18:50. Num duelo a realizar-se na Arena Fonte Nova, em Salvador da Baía, Djamel Haimoudi, Argelino, será o árbitro a presidir o encontro entre as duas selecções. Com 43 anos, tornou-se pela primeira vez árbitro internacional em 2004, sendo o segundo árbitro do seu país escolhido para a Copa do Mundo. Esta será a terceira prestação do árbitro no Mundial, após ter arbitrado o Austrália – Holanda e Costa Rica – Inglaterra.

18:30. Muito boa tarde e sejam muito bem-vindos a mais uma transmissão deste Mundial 2014 no VAVEL.COM! A partir das 21:00 horas, Estados Unidos e Bélgica disputam a passagem aos quartos-de-final e nós vamos contar-lhe tudo aqui no Vavel Portugal.

VAVEL Logo