Brasil segue para as meias depois de derrotar Colômbia
Brasil venceu, mas o craque do momento continua a ser James. (Fonte: Reuters)

Brasil segue para as meias depois de derrotar Colômbia

Brasil nas meias, mas ainda sem convencer. A equipe de Scolari derrotou a Colômbia, de James e Companhia por 2-1 e está mais perto do sonho.

francisco-fontes
Francisco Fontes

Num grande jogo de futebol, em Fortaleza, com muita emoção até ao último minuto, os Brasileiros arrancaram uma vitória por 2-1, frente a uma Colômbia sensacional.

Brasil forte na primeira parte

Foi apenas na primeira parte dos quartos de final da competição que se viu o verdadeiro Brasil. A turma de Scolari entrou com tudo, a querer mandar no jogo. Sem Luiz Gustavo no onze (suspenso), Scolari entrou com Paulinho e Fernandinho no meio campo e conseguiu anular por completo o meio campo formado por James, Cuadrado e companhia. 

Com uma atitude dominadora, o Brasil cedo chegou ao golo. Depois de canto apontado por Neymar Jr., Thiago Silva empurrou a bola para o fundo da baliza de Ospina. Aos 7 minutos, o Brasil já estava na frente do marcador, fruto de uma entrada autoritária e determinada dos Brasileiros.

A turma de Pekerman acusou muito o golo sofrido e estava a sentir grandes dificuldades em expor o seu futebol. O Brasil continuou com a mesma atitude e esteve muito perto do segundo golo durante toda a primeira parte, através de Neymar Jr. e de Hulk. O resultado ao intervalo era apenas de 1-0 mas podia ser mais volumoso. O Brasil justificava a vitória ao intervalo e dava um ar de sua graça neste Mundial.

Colômbia determinada a virar na segunda parte

O intervalo serviu de feição aos Colombianos, que entraram muito fortes na segunda parte. Os Canarinhos adormeceram, quiseram gerir o jogo desde muito cedo e arriscaram-se a que a Colômbia marcasse um golo. Este último acabou mesmo por surgir.  Por volta dos 66 minutos, Mario Yepes introduz a bola na baliza de Júlio César, num lance muito confuso. No entanto, o árbitro da partida anulou o golo, por suposta infracção Colombiana, num lance que deixou muitas dúvidas. Pouco depois deste lance, aos 69, o ex-Benfica David Luiz tirou o coelho da cartola na cobrança de um livre directo e fez um dos golos deste Mundial. Golo sensacional do defesa. Ospina bem que tentou mas o livre era indefensável.

David Luiz marcou, de livre, um golo sensacional. (Fonte: AFP)

Quando o jogo já parecia estar resolvido,  Júlio César derrubou Bacca dentro da área e o árbitro assinalou o castigo máximo. James encarregou-se de marcar o seu sexto golo em cinco jogos e a partida estava relançada. Durante o resto da partida, o Brasil ainda tremeu, mas soube sofrer a acabou por vencer, justamente. Na próxima terça-feira, o Brasil vai medir forças com a Alemanha, sem Thiago Silva (que viu amarelo) e sem Neymar Jr., que vai perder o resto do Mundial, depois de uma entrada dura de Zuñiga o ter feito sair de campo de maca, com várias vértebras fracturadas.

James ainda deu esperança aos Colombianos. (Fonte: AFP)

Com esta vitória o Brasil conquista assim grande parte da torcida, ainda duvidosa da qualidade global de jogo do escrete. A boa exibição da primeira parte dá mais alento para os futuros embates, apesar da perda de Neymar, o grande contratempo da partida diante da Colômbia. Suspenso, o central Thiago Silva será outra baixa para o duelo contra a Alemanha. Depois de ter marcado ao Chile na sequência de canto, o Brasil voltou a entrar a ganhar com um golo resultante de novo canto: a formação germânica terá de se precaver contra o poderio aéreo dos «canarinhos».

VAVEL Logo
CHAT