0-1, MIN.80, NANI ; 1-1, MIN.92, ZAHOVIC
Nani fez a diferença, Maurício e Sarr fizeram o resto...

Nani fez a diferença, Maurício e Sarr fizeram o resto...

O Sporting empatou na Eslovénia, diante do Maribor, quando tudo indicava um final feliz para os «leões». Nani marcou a diferença com um golo de belo efeito, mas a defensiva leonina encarregou-se de comprometer, oferecendo um golo ao jovem Luka Zahovic.

vavel
VAVEL

Estádio cheio para ver a recepção do NK Maribor ao Sporting, muitos adeptos crentes num bom resultado da formação eslovena e, do outro lado da barricada, um empolgamento leonino natural de quem volta aos grandes palcos da Liga dos Campeões, onde o Sporting não actuava há mais de cinco anos. Depois do erguer do pano e da entrada dos protagonistas no relvado, os espectadores viram um arranque de jogo equilibrado: Sporting desejando a posse, com intuito de desmobilizar a formação da casa, e o Maribor atento aos espaços, pronto a servir Tavares, avançado brasileiro.

Sporting na «Champions» 5 anos e meio depois

Mais de uma mão cheia de anos foi o tempo que o Sporting demorou para voltar às lides refinadas da nata europeia do futebol. Com a vontade de mostrar-se à Europa (formação repleta de jogadores estreantes), os «leões» aspiravam a uma vitoriosa entrada na competição, ainda para mais frente ao adversário mais acessível do grupo (Schalke 04 e Chelsea). A necessidade de vencer era premente, inclusivamente no plano motivacional, algo debilitado para os lados de Alvalade nos dias que passam, devido ao saldo medíocre do começo de época: 4 partidas, 3 empates e apenas uma vitória.

Postes e má pontaria evitaram os golos

Cedo se viu um jogo equilibrado, onde ambas as equipas mostravam argumentos para marcar golos dados os espaços deixados por uma e outra, e também fruto de um futebol pautado pelas rápidas transições de bola e pelas correrias dos jogadores tecnicamente mais afoitos - Nani e Carrillo pela banda leonina, Sallallich e Ibraimi pelo lado esloveno. As oportunidades de golo empilharam-se em cima da ânsia, e o Sporting, mais insistente, foi falhando e vendo o tempo passar. Carrillo atirou ao poste (depois de permitir a defesa de Handanovic) mas na resposta foi Rajcevic a enviar a bola ao ferro de Patrício, através de uma cabeçada quase letal.

Nani fez a diferença...

A segunda parte iniciou-se tal e qual como acabara a primeira, mas, com o volver dos minutos, foi o Sporting a estabelecer maior controlo territorial, gozando de uma maior posse de bola e controlo das movimentações no último terço do terreno, com João Mário em destaque. Apesar do ascendente (incidiu no período em que o Maribor decaiu fisicamente) leonino, a perigosidade do Maribor, assente nas incursões ofensivas do virtuoso Ibraimi, era latente e isso ficou provado na oportunidade de Tavares (Cédric cortou perto da baliza) e do recém-entrado Zahovic, que, aos 91, permitiu uma defesa «in-extremis» de Rui Patrício.

Mas, dez minutos antes da flagrante oportunidade de golo de Luka Zahovic, foi Nani, o leme leonino, a fazer a diferença: incursão, da ala para a meia-lua, remate cruzado efectuado com potência, e golo do Sporting. Festejos expansivos de Nani, que viu a sua garra e persistência serem compensadas com um iniciativa individual que resultou no golo que desbloqueava o 0-0. O extremo, um dos melhores em campo, marcou o primeiro golo nesta sua segunda passagem pelo clube de Alvalade.


Maribor 0-1 Sporting (Goal Nani) 17-09-2014

Sarr e Maurício fizeram o resto...

Tudo se parecia conjugar para dar forma a uma vitória forasteira mas, a obra do azar bateu à porta do eixo defensivo do Sporting. O azar, aliado à incompetência, resultou num golo esloveno mesmo ao cair do pano, por intermédio de Luka Zahovic. Para tragédia do Sporting, Sarr e Maurício juntaram-se num autêntico boicote à vitória leonina: o primeiro interceptou deficientemente uma bola que pingou na sua zona de acção, e, no ressalto, o segundo efectuou um alívio deficiente que colocou a bola, saltitante, à mercê de Zahovic, que marcou facilmente.


Goal Zahovic - Maribor 1-1 Sporting - 17-09...

Gorada a expectativa de entrar a ganhar na Liga dos Campeões, o Sporting prolongou o registo de empates, que já vai em três empates sucessivos (Benfica, Belenenses e Maribor). No total de jogos desta temporada, o Sporting empatou quatro das cinco partidas realizadas - a única presa leonina foi o Arouca, em Alvalade, na segunda jornada do campeonato português.

Raio-x às estruturas tácticas das equipas

Pontuações VAVEL

NK Maribor (1) Sporting CP (1)
Handanovic 6 Rui Patricio 6
Stojanovic 5 Cédric 5
Rajcevic 6 Maurício 2
Arghus 6 Sarr 3
Viler 5 Jefferson 5
Filipovic 5 William Carvalho 5
Mertelj 6 Adrien Silva 6
Vrsic (81') 5 André Martins (45') 4
Sallalich (57') 5 Nani 7
Ibraimi 8 Carrillo (66') 6
Tavares (84') 6 Slimani (91') 4
Suplentes
Bohar  (57') 5 João Mario 5
Zahovic (81') 7
VAVEL Logo
CHAT