«Novela Shikabala» sem fim à vista
Ruptura total entre as partes pode estar próxima.

«Novela Shikabala» sem fim à vista

Internacional egípcio continua a somar casos no Sporting. Após compromisso com a sua selecção, há mais de 10 dias, não mais foi visto em Alcochete.

andrecunhaoliveira
André Cunha Oliveira

Continua a dar que falar a estadia de Mahmoud Shikabala em Alvalade. Depois do caso disciplinar relacionado com o "esquecimento" do seu visto aquando da presença do  Sporting no Egipto, o avançado acrescenta agora mais um caso à sua lista de infracções no clube lisboeta. Shikabala está "desaparecido" há 12 dias, não tendo dado qualquer justificação aos responsáveis leoninos desde que viajou para o Egipto para um duplo compromisso internacional com a sua selecção, no passado dia 10.

A sua ausência na lista escolhida pelo Sporting para a Liga dos Campeões será um dos motivos para a recusa de Shikabala em voltar para Lisboa. Menos de um mês depois do último "processo", o jogador volta assim a estar sob alçada disciplinar da SAD leonina. 

Imagens de Shikabala só mesmo em sessões de treino. (Foto: Sporting)

Número 7 continua a ser maldição

Teima o fatídico número do Sporting em continuar a amedrontar as mais recentes aquisições do emblema de Alvalade. Desde a saída de Luís Figo para o Barcelona, em 1995, não mais nenhum jogador ousou brilhar com o 7 nas costas. A maioria sofrendo de problemas físicos constantes que lhes retiraram o protagonismo que os seus nomes deixavam antever. Sá Pinto, Iordanov, Niculae, Izmailov, Jeffrén...desta vez a praga calhou a Shikabala, ainda que neste caso não sejam as lesões a ditar o "bruxedo".

É que depois de Leonardo Jardim, também Marco Silva demonstra não «morrer de amores» pelo jogador, não lhe tendo concedido um minuto sequer de jogo nos seis compromissos oficiais disputados até ao momento. 

Num comunicado emitido no início do mês, o Sporting chegou a elogiar o profissionalismo de Shikabala (previsivelmente para não prejudicar a sua cotação numa altura em que o mercado ainda se encontrava aberto), mas esta nova «birra» do egípcio pode objectivamente provocar um extremar de posições entre as partes. Estará esta novela egípcia perto do seu final?

VAVEL Logo
CHAT