Duelo Shakhtar x Porto guarnecido por casa cheia na Arena Lviv

Duelo Shakhtar x Porto guarnecido por casa cheia na Arena Lviv

O F.C.Porto enfrenta esta terça feira o Shakhtar Donetsk que atualmente ocupa a segunda posição da liga Ucraniana. Os azuis e brancos lideram o grupo H depois da vitória por seis bolas a zero frente ao BATE Borisov e os atuais campeões ucranianos partilham o segundo lugar com o Athletic Club de Bilbao.

ricardo-cruz
Ricardo Cruz

Apenas a vitória serve à formação portuguesa

O treinador dos Dragões, Julen Lopetegui, afirmou que só a vitória interessa à equipa portuguesa. Depois do empate obtido no Estádio de Alvalade frente ao anfitrião Sporting, o FC Porto procura dar a volta por cima e voltar a solo português com mais três pontos conquistados na "Liga milionária". Desta forma, o treinador espanhol espera dar um "pontapé" na sucessão de empates no campeonato que têm atormentado a equipa nortenha.

No que diz respeito ao histórico de encontros, o FC. Porto tem uma ligeira vantagem. Se recuarmos até à época de 2011/2012 facilmente nos vem à memória as duas vitórias da equipa portista: 2-1 em casa e 0-2 em terreno ucraniano. Para o jogo de hoje, Julen Lopetegui deixou Ricardo Quaresma fora dos convocados por opção e Casemiro devido a um problema no tornozelo. Os dragões devem alinhar com o seguinte onze: Fabiano; Danilo, Maicon, Martins Indi, Alex Sandro; Rúben Neves, Óliver Torres, Herrera; Tello, Brahimi, Jackson.

Maicon regressa ao eixo da defesa azul e branca. O jovem talento Óliver deverá ser aposta do treinador portista e as excelentes exibições de Tello deverão empurrar o extremo emprestado pelo Barcelona para a titularidade. Para Lopetegui, o facto de o Shakhtar ter de jogar num estádio que não é o seu não irá influenciar negativamente a equipa ucraniana, pois, considera que os ucranianos apoiam bastante as equipas envolvidas em competições europeias.

Caso os Dragões não consigam vencer podem originar uma forte onda de contestação entre os adeptos portistas que são conhecidos pela reduzida tolerância a maus resultados. Brahimi terá de puxar do "condão" para desmembrar a defesa adversária e o capitão Jackson Martínez aliar o seu instinto matador ao espírito de liderança para comandar uma equipa que está com fome de vitórias. 

Jackson é o artilheiro de serviço da equipa portista (Fonte: AFP/ Fernando Veludo)

Mircea Lucescu afirma que Arena Lviv também é a casa do Shaktar 

O treinador do Shakhtar, Mircea Lucescu está consciente da qualidade dos portistas, contudo, afirma que o Shakhtar é uma equipa diferente de 2011/2012 e tem tudo o que é preciso para conseguir derrotar a equipa portuguesa. O facto de terem de disputar os jogos longe do seu estádio entristece um pouco Lucescu, no entanto, os bilhetes para o jogo esgotaram alguns dias antes do mesmo e isso leva o treinador a afirmar que o Shakhtar «não é apenas uma formação de Donetsk ou da região de Donbass, mas de todo o país.»

Actualmente, o Shakhtar vem de uma vitória para a taça da Ucrânia e ocupa o segundo lugar da liga ucraniana. No jogo frente ao F.C.Porto, Mircea Lucescu deverá colocar em campo o seguinte onze: Pyatov; Srna, Rakitskiy, Kucher, Azevedo; Stepanenko, Fernando; Douglas Costa, Alex Teixeira, Taison; Luiz Adriano.

Tal como Casemiro, Serhiy Kryvtsov estará ausente do encontro devido a uma lesão no tornozelo. Com certeza que a defesa do F.C.Porto terá de ter muito cuidado com a velocidade de Taison e a qualidade individual do Luiz Adriano e do extremo Douglas Costa. Sobre o comando do experiente Darijo Srna a actual equipa campeã da Ucrânia fará de tudo para enlear o sistema tático construído por Lopetegui e alcançar a vitória.  

O forte apoio que se antevê por parte dos adeptos ucranianos será um dos obstáculos que o F.C.Porto terá de ultrapassar se quiser trazer para casa os três pontos e a bagagem cheia de sorrisos e alegria. 

Darijo Srna é um dos pilares da equipa ucraniana (Fonte: AFP/Ander Gillenea
VAVEL Logo
CHAT