Porto x Sporting: caminho clássico para o Jamor

Porto x Sporting: caminho clássico para o Jamor

O sorteio ditou que, três semanas volvidas, FC Porto e Sporting voltariam a encontrar-se, desta vez para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal. Depois do empate a um golo em Alvalade para o campeonato, é a vez do leão visitar a Cidade Invicta, e um estádio onde não vencem há mais de sete anos.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Qual a probabilidade de Porto e Sporting encontrarem-se na 3ª eliminatória da Taça de Portugal? Pouca, para uns, nenhuma para outros; mas a verdade é que, de entre as 64 equipas em prova, a sorte ditou um clássico entre dragões e leões na ronda inaugural da prova, no que a equipas da Primeira Liga diz respeito.

Apesar dos vários confrontos na Taça de Portugal, a verdade é que esta é a primeira vez que Porto e Sporting se encontram na 3ª eliminatória da prova rainha do futebol português, sendo já garantido que um dos candidatos à vitória no Jamor ficará desde já pelo caminho.

Uma vitória distante e uma noite para esquecer

O histórico entre ambos os clubes na Taça é equilibrado; em 36 partidas, contabilizam-se treze vitórias do FC Porto, contra onze do Sporting, sobrando doze empates. Contudo, se olharmos apenas para os embates realizados em casa do dragão, vemos uma maior discrepância em termos de triunfos. Em casa, os portistas contam com dez triunfos, contra apenas quatro dos leões, o último dos quais na temporada 1986/87, através de um golo nos últimos minutos do prolongamento.

Apesar desse saboroso triunfo, a verdade é que não mais o Sporting conseguiu eliminar o FC Porto da Taça de Portugal em casa do adversário. Desde a vitória de 87, o melhor que o leão conseguiu foi um empate a um golo em 1996; a pior derrota leonina surgiu na última visita do Sporting ao Dragão para a Taça. Na temporada 2009/2010, os verde-e-brancos saíram da Invicta vergados a uma derrota por 5-2, perante um Porto que acabou por vencer a prova naquele ano.

Jogar para ganhar

Em antevisão à partida de sábado, Marco Silva reconhece o saldo negativo do Sporting em casa do Dragão, mas sublinha a vontade da equipa em alcançar a vitória. Ao contrário do último embate entre leões e dragões, desta vez, não há lugar para empates. (foto: abola.pt)

«É um facto, não podemos fugir ao histórico desses jogos. Mas também tínhamos um histórico negativo na Luz e conseguimos pontuar (3.ª jornada) e estivemos perto de vencer. Neste jogo não pode haver empate, também não sabemos jogar para o empate, o objetivo é sempre a vitória. Queremos passar, conhecemos a valia do nosso adversário, da mesma forma que eles sabem a capacidade da nossa equipa. Se queremos passar temos de acabar com esse jejum».

O técnico leonino defende que as declarações de dirigentes leoninos esta semana não acrescentam pressão à equipa.

«A pressão que temos é a de representar um clube desta dimensão. Quem está no Sporting, é obrigado a lutar para vencer e a vencer em todos os jogos. Não vou estar a comentar o que foi dito. Sei o que transmito aos jogadores, eles também sabem o que é representar este clube. Só temos um objetivo para este jogo que é vencer. Nada do que se possa dizer vai colocar mais pressão. Ela está no máximo e não há nenhuma declaração que possa colocar mais pressão na equipa».

No que diz respeito à lista de convocados, destaque para as entradas de Miguel Lopes, Maurício e Carlos Mané, jogadores que ficaram de fora diante do Penafiel. Em sentido contrário estão Tobias Figueiredo e Héldon. (foto: abola.pt)

Lista de convocados:

Guarda-redes:Rui Patrício e Marcelo Boeck;
Defesas: Cédric, Miguel Lopes, Maurício, Paulo Oliveira, Naby Sarr, Jefferson, Jonathan Silva;
Médios: William Carvalho, Oriol Rosell, Adrien, João Mário, André Martins, Carlos Mané, Carrillo
Avançados: Nani, Capel, Tanaka, Montero e Slimani

Não há segundas oportunidades

Ao contrário do que sucede em Espanha, as eliminatórias da Taça de Portugal são decididas em apenas um jogo (excepto as meias-finais), uma estrutura que, para Lopetegui, dá outra beleza e emoção à partida de sábado. (foto: ASF)

«É um jogo de "mata-mata" e não há segundas oportunidades . Acho que é bonito na Taça a opção de um jogo único. É verdade que é muito cedo para um confronto entre dois candidatos ao título, mas foi o que a sorte ditou.»

À semelhança do jogo do campeonato, Lopetegui espera um Sporting pressionante e intenso, mas acredita que com as suas armas e o apoio do público os dragões podem vencer.

«O Sporting é uma equipa com muita intensidade e energia. Espero um Sporting agressivo e pressionante, numa linha parecida [com o clássico do campeonato]. Cada equipa vai usar as suas armas e tentar superar os adversário. Acredito que temos de fazer um grande jogo, com o apoio do nosso público.»

Na lista para o jogo deste sábado as grandes ausências são as de Alex Sandro e Bruno Martins Indi, às quais se junta a de Evandro. Para o lugar destes entram José Angel, Diego Reyes e Casemiro. (foto: ASF)

 Lista de convocados:

Guarda-redes: Fabiano e Andrés Fernández
Defesas: Danilo, Maicon, Reyes, Marcano e José Angel
Médios: Casemiro, Rúben Neves, Herrera, Quintero e Óliver Torres
Avançados: Brahimi, Tello, Quaresma, Jackson, Adrián López e Aboubakar

VAVEL Logo
CHAT