Monaco x Benfica    na Liga dos Campeões

Monaco x Benfica na Liga dos Campeões

vavel
VAVEL
Live LoaderVAVEL Live SmallLive Match

22:00. O Mónaco segue com 5 pontos sem ainda ter perdido no grupo C. O Benfica continua no fundo da tabela, tendo agora somado o seu primeiro ponto na Liga dos Campeões. Ambas as equipas têm apenas um golo na competição (Salvio marcou o tento do Benfica e Moutinho o do Mónaco).

21:55. Empate a zeros no Stade Louis II, nenhuma das formações mostrou talento efectivo para marcar e superiorizar-se. Ocampos falhou um golo cantado e Lima obrigou Subasic a defesa apertada - assim se resumiu a primeira parte. O jogo inconsequente do Mónaco encontrou um Benfica sem fulgor europeu e sem concentração competitiva de topo, como ficou patente na expulsão infantil de Lisandro López. Com menos um, o Benfica tapou os caminhos da baliza de Artur e segurou um empate que mantém a Águia no último lugar do grupo.

Bernardo em duelo com Almeida

Apito Final

90+5'. Apito final, acaba a partida, um entendiante nulo, mau jogo sem golos e mau resultado para o Benfica, ainda em último no grupo C.

90+2'. Raggi sobe e nas alturas cabeceia para golo...a bola passa a milímetros do poste, que grande ocasião de golo no canto!

90'. Pressão da formação da casa, que tenta bater um Benfica em inferioridade numérica. Cinco minutos para jogar nos descontos.

88'. Substituição na formação do Benfica: Entra Samaris e sai Enzo.

87'. Remate potente de Toulalan, a bola sai para fora mas é canto...Artur defendeu para canto!

82'. Substituição na formação do Mónaco: Entra Bernardo Silva e sai João Moutinho.

78'. Substituição na formação do Benfica: Entra César e sai Gaitán.

78'. Falta agressiva de Kurzawa sobre Salvio, que fica estendido no relvado: cartão amarelo para o lateral.

76'. Entrada ríspida e perigosa do central Lisandro, Moutinho está bastante queixoso: cartão vermelho directo para Lisandro!

74'. Gaitán ganha a bola, desmarca-se com o esférico na sua posse, remata com força...mas a bola voa para fora, sem perigo.

71'. Novo contra-ataque do Benfica, Enzo segue a bola e empurra a jogada para Gaitán, este volta a flectir para dentro, Enzo recebe, olha, remata...mas a bola sai para fora, mau remate de Enzo!

71'. Cartão amarelo para o central experiente Ricardo Carvalho.

68'. Substituição na formação do Benfica: Entra Bebé e sai Talisca.

68'. Maxi remata na ressaca, a bola é segurada pelo Subasic, atenção à subida perigosa do Benfica, dois bons lances de ataque.

67'. Contra-ataque do Benfica, progressão de Talisca pelo meio, tem duas opções de passe...a bola chega a Salvio, na direta...sai o potente remate, Subasic defende com o corpo, boa mancha!

64'. Falta de Talisca, impedindo a progressão do ataque monegasco. Livre para o Mónaco.

62'. Substituição na formação do Mónaco: Entra Ferreira Carrasco e sai Ocampos.

59'. Gaitán aproveita um erro gravíssimo do lateral monegasco, perfura em velocidade pela área, finta um adversário e remata para golo...Subasic defende com perícia! Situação de golo iminente!

55'. Passe directo de Enzo em forma de cruzamento...Lima desmarca-se mas Subasic adianta-se e encaixa a bola com boa segurança!

52'. Livre directo marcado por Talisca, a bola passou perto da barra mas não conseguiu assustar o croata Subasic.

51'. Gaitán faz uma má decisão ao deixar a bola dentro de campo, o Mónaco ganha o lance e sobe pelo flanco esquerdo e cruza para a área...Artur ergue-se e segura a bola com altivez.

49'. Salvio centra para a entrada mortífera de Lima...o avançado não conseguiu conectar-se com a bola, bom passe do argentino do Benfica.

48'. Moutinho assiste Martial com um passe vertical, Martial faz a diagonal e ganha a bola...remata cruzado...a bola rasa o poste, que perigo!

47'. Entrada pressionante do Mónaco, com o Benfica a controlar o ímpeto da formação da casa.

46'. Roda novamente a bola no Stade Louis II.

Segunda metade

20:35. Primeira parte com poucos motivos para elogios. O jogo desenrolou-se a um ritmo lento, pastoso, sem grandes ameaças para as balizas de Artur Moraes e Subasic. Lucas Ocampos dispôs da primeira grande chance de golo, desperdiçada clamorosamente. Lima respondeu com um remate à queima, Subasic defendeu com um rápido e aguçado instinto. Referência para Berbatov, que sai lesionado. 

Luisão no duelo com Martial 

Intervalo

45'. O Benfica tenta atacar mas sem grande perigosidade. Eliseu, requisitado, não tem conseguido dar eficaz profundidade ao flanco esquerdo, já que os seus cruzamentos saíram todos mal direccionados.

40'. Canto, passe de Talisca, a bola encontra Lima...esteve remata oportunamente mas a bola é sacudida pelo guarda-redes Subasic, que bela defesa plena de instinto!

39'. Ataque encarnado, pontapé potente de Enzo Pérez, no corredor central, a bola subiu subiu e sai longe do alvo...canto para o Benfica.

36'. Cartão amarelo para Salvio.

36'. Confusão na área monegasca, esteve perto o Benfica de concretizar um remate à baliza do Mónaco: limpa o lance a defesa da casa.

34'. Substituição na formação do Mónaco: Entra Martial e sai Berbatov, lesionado.

33'. Berbatov está muito queixoso, o avançado já pediu mesmo a substituição: lesionou-se depois de ter desferido um remate à baliza do Benfica.

26'. Falta perigosa do central Lisandro sobre Berbatov, o argentino deu um pontapé na cara do avançado búlgaro.

23'. Ataque prometedor do Benfica, jogada que canalizou a bola até à área de rigor do Mónaco, mas o remata de Lima esbarrou na defensiva dos franceses!

20'. Gaitán foge pelo flanco esquerdo, deixa dois adversários para trás e centra para o segundo poste...Salvio entra e remata...a bola sai para longe! Boa jogada veloz de Gaitán!

15'. Benfica com dificuldades em desenvolver o seu jogo.

10'. Grande jogada de Salvio e de Lima, mas no cruzamento, faltava a presença de alguém na grande área. 

9'. O jogo tem estado apenas ficado no meio campo encarnado. A equipa de Jesus está com muitas dificuldades em sair para jogo. Culpa também do relvado que não se encontra nas melhores condições. 

8'. Cartão amarelo para Eliseu por falta sobre Fabinho. 

8'. Cruzamento bom de Gaitan, mas a chegar primeiro o guarda-redes Subasic. 

6'. Ocampos só falhou o golo porque estava sem inspiração! Muito perigo para a baliza de Artur! 

3'. O Mónaco tem ganho muito espaço do lado direito da defesa.

2'. O Mónaco entrou bem, por duas vezes já valeu Luisão. 

Apito inicial

19:45. Já se ouviu o hino da Liga dos Campeões no Stade Louis II.

19:21. ONZE DO BENFICA:  Artur; Maxi Pereira, Luisão, Lisandro e Eliseu; Salvio, Enzo Pérez, André Almeida e Nico Gaitán; Lima e Talisca.

19:20. ONZE DA EQUIPA DO MÓNACO: Subasic; Fabinho, Taggi, Ricardo Carvalho e Kurzawa; Toulalan e Kondogbia; Dirar, Moutinho e Ocampos; Berbatov

17:30. Formações prováveis para a partida de hoje:

17:15. Gonçalo Guedes é a grande novidade nos convocados do Benfica, ele que se estreou pela equipa sénior das «águias» diante do Sp. Covilhã. Jardel, Ola John e Júlio César não irão jogar, todos eles estão lesionados. Na barricada do Mónaco, todos estão disponíveis para dar o seu contributo.

17:05. Leonardo Jardim relativizou a posição do Benfica neste grupo C, elogiando a qualidade dos lisboetas: «A classificação não reflecte a qualidade do Benfica. Foi finalista vencido na Liga Europa e foi campeão no ano passado», explicou, elogiando o reforço Talisca: «O Benfica não mudou o AND nestes últimos três anos. Manteve Jorge Jesus e continua ao mesmo nível. Contrataram Talisca, um jogador importante. A equipa mantêm um nível alto».

17:00. Jorge Jesus enalteceu o desejo de vencer o Mónaco, reconhecendo a importância da partida: «Temos capacidade para disputar o jogo a pensar na vitória, sabendo que vamos defrontar uma equipa com muito valor», analisou, na antevisão do jogo, garantindo que a sua equipa irá ser fiel aos seus habituais princípios de jogo: «O Benfica tem uma ideia de jogo. Não é por jogar no Mónaco que vai mudar. O Benfica joga em todos os campos da mesma maneira, mas com estratégias diferentes. Não vamos mudar o nosso ADN», avisou.

16:45. Bernardo Silva, jogador do Mónaco emprestado pelo Benfica, enfrentará o seu clube do coração pela primeira vez. O jovem tem sido aposta regular de Leonardo Jardim, algo que não era realidade no Benfica de Jorge Jesus. O médio ofensivo de 20 anos estreou-se na Liga dos Campeões diante do Bayer, mostrando credenciais e talento acima da média - em entrevista, afirmou que, se marcar aos encarnados, não será capaz de festejar o tento, dado o respeito e carinho que tem pelo clube que o formou.

16:30. O grupo C da Liga dos Campeões tem o facto curioso de conter três treinadores portugueses: Jorge Jesus, André Villas-Boas e Leonardo Jardim. Depois de Villas-Boas e Jardim se terem defrontado (0-0), é a vez de novo duelo de treinadores lusos ocorrer. Leonardo Jardim e Jorge Jesus já se defrontaram por sete vezes, mas o actual treinador do Mónaco nunca bateu Jesus - nem mesmo quando orientava o Sporting (1-1, 4-3 e 2-0 foram os resultados de 2013/2014).

Jardim e Jesus jogarão 8º duelo (Foto: Lusa)

16:20. O registo do Benfica nas deslocações a França, no âmbito da Liga dos Campeões, não é famoso: as «águias» nunca venceram nas 5 visitas à França, tendo conseguido o seu melhor resultado na temporada 2005/2006, com Ronald Koeman ao leme, um empate 0-0 diante do Lille. Luisão, capitão do Benfica, é o único sobrevivente dessa deslocação, tendo sido titular, ao lado de Anderson, no eixo central da defesa do Benfica.

16:10. O Mónaco teve o seu momento alto quando, na temporada 2003/2004, alcançou a final da Liga dos Campeões, enfrentando na final o FC Porto grandioso de José Mourinho. Os monegascos, liderados por Didier Deschamps, eliminaram o Lokomotiv Moscovo, Real Madrid e Chelsea a caminho da final. O Porto acabou por vencer gloriosamente a prova, aplicando um claro 3-0 ao Mónaco: golos de Carlos Alberto, Deco e Alenichev.

Porto sagrar-se-ia campeão europeu em 2004

15:55. O Benfica da Era Jorge Jesus tem apresentado baixo teor competitivo na Liga dos Campeões: apenas 36% de vitórias nos últimos cinco anos em fases finais da prova milionária, num total de 30 partidas disputadas. Estes dados contrastam com a performance dominadora do Benfica na Liga Europa, prova na qual os encarnados já marcaram presença em duas finais consecutivas (2012/2013 e 2013/2014, diante de Chelsea e Sevilha, respectivamente).

15.45. O Benfica debate-se para ultrapassar a fase de grupos da Champions League, algo que apenas conseguiu fazer em 2011/2012: em cinco épocas da era Jorge Jesus, o Benfica apenas se qualificou por uma vez para os oitavos-de-final da prova, tendo sido relegado para a Liga Europa em todas as outras ocasiões. Nessa única passagem, os encarnados lograram ficar em primeiro lugar no grupo C, com 12 pontos, à frente de Manchester United, Basileia e Otelul Galati - o Benfica eliminou o Zenit nos oitavos-de-final, sendo derrotado pelo Chelsea na eliminatória seguinte (0-1 na Luz e 2-1 em Stamford Bridge).

15:30. O Mónaco tem 4 pontos mas apenas marcou um golo nesta edição da Liga dos Campeões: o autor desse golo (que deu a vitória de 1-0 sobre o Bayer) foi o médio português João Moutinho, assistido por Berbatov. Na segunda ronda, Leonardo Jardim encontrou pela frente o Zenit de André Villas-Boas: 0-0 foi o resultado final, num duelo de velhos conhecidos da liga portuguesa: Moutinho, Ricardo Carvalho, Fabinho, Javi Garcia, Garay e Hulk participaram na partida.

15:25. Na segunda ronda da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica voltou a desiludir, efectuando uma exibição ainda mais débil. O Bayer Leverkusen marcou o primeiro golo devido a uma falha do guarda-redes Júlio César, que permitiu o golo a Kiessling, e depois aumentou a vantagem por Son Heung-Min. O Benfica reduziu para 2-1 por Salvio, mas Canalhoglou aumentou para 3-1, de grande penalidade, cometida por Jardel. Destaque para as más exibições de Eliseu, Jardel e Cristante (o jovem italiano estreou-se pelo Benfica a titular precisamente em Leverkusen).

15:20. Na Luz, o Benfica recebeu o Zenit mas cedo se viu em apuros: os russos, orientados por André Villas-Boas, marcaram cedo, por Hulk, e logo a seguir forçaram a expulsão do guarda-redes brasileiro Artur Moraes, que derrubou Danny quando este seguia isolado para a baliza. O segundo tento do Zenit nasceu na cabeça de um ex-jogador do Benfica, Axel Witsel. Apesar da derrota, os adeptos encarnados aplaudiram o esforço da equipa, que jogou em inferioridade numérica durante um longo período.

15:15. Isto porque, no Grupo C, o Benfica ainda não amealhou qualquer ponto nas duas jornadas já realizadas: o Benfica acumulou duas derrotas que desiludiram os adeptos e retiraram confiança internacional à equipa de Jorge Jesus: saldo muito negativo de cinco golos sofridos e apenas um marcado em dois jogos, contra Zenit, no Estádio da Luz, e Bayer Leverkusen, no BayArena. Já o Mónaco possui quatro pontos, fruto de uma vitória inaugural diante do Bayer e um empate a zeros frente ao Zenit.

15:10. Ponto prévio: um Mónaco x Benfica é um duelo inédito, já que ambas as equipas nunca se defrontaram na História do Futebol, sendo hoje a primeira ocasião. A partida ganha um relevo fundamental já que para o Benfica ela é de carácter totalmente decisivo: o Benfica precisa dos 3 pontos para sonhar com o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, caso contrário poderá dizer um precoce adeus à passagem à fase seguinte.

Stade Louis II

15:00. Seja bem-vindo à transmissão do duelo Mónaco x Benfica, a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Aqui, em Vavel.com, seguiremos minuto a minuto a partida, que começará às 19:45 horas e terá lugar no Stade Louis II. Acompanhe connosco o emocionante jogo, grátis .

VAVEL Logo
CHAT