Paulo Oliveira: a figura de cartaz do Guimarães x Sporting
Paulo Oliveira, a figura de cartaz (Foto:Abola)

Paulo Oliveira: a figura de cartaz do Guimarães x Sporting

francisco-dias
Francisco Dias

Para a época 2014/2015, o Sporting Clube de Portugal garantiu a contratação de uma das maiores promessas para a defesa do futebol português. O central Paulo Oliveira começou por ser suplente no início da temporada, mas nas últimas cinco partidas garantiu a titularidade ao serviço dos leões e tem oferecido ao último reduto Sportinguista alguma estabilidade que faltava com a dupla Maurício/Sarr. O internacional sub 21 promete ser um caso sério na selecção nacional, e para a próxima jornada esperar-se-á um reencontro emocionante com a antiga equipa, o Vitória de Guimarães, emblema que o formou enquanto jogador. 

Paulo Oliveira: será o novo Ricardo Carvalho?

As semelhanças de Paulo Oliveira com o internacional português Ricardo Carvalho são há muito reconhecidas. O actual central do Sporting pegou destaque no clube vimaranense desde tenra idade e as comparações com o defesa do Mónaco foram inevitáveis. A precisão tática e a subtileza com que aborda os cortes aos lances dos adversários tornam o central uma mais valia para qualquer último reduto. A inteligência táctica que denota e a rapidez de processos permitem ao treinador jogar em diferentes sistemas táticos ao longo dos 90 minutos, isto é, ao ser inteligente táticamente e forte na antecipação, permite ao meio-campo da sua equipa jogar mais subido no terreno, e o central leonino dá uma tranquilidade que faz com que não surjam brechas, mesmo quando aparentemente a sua formação está mais exposta aos lances dos adversários (1ª parte do Sporting x Marítimo). 

Apesar de ainda não ser um jogador totalmente completo, a verdade é que Paulo Oliveira, para além de ser taticamente evoluido, demonstra também atributos técnicos assinaláveis para um central. Tanto ao serviço do Guimarães como mais recentemente no Sporting, é visível a aptência que o defesa tem para sair a jogar com o esférico em posse, contintribuindo muitas vezes para a primeira fase de construção do meio-campo. Outra característica que o define é a simplicidade no passe e o pragmatismo em aliviar "bolas" sem comprometer o emblema que defende.

Tal como demonstrou na passada jornada frente ao Marítimo, Paulo Oliveira surge de forma oportuna nas áreas contrárias para baralhar as movimentações dos últimos redutos contrários ficando muitas vezes perto do golo, deixando a ideia de que num futuro próximo poderá ser um central ainda mais goleador. O defesa tem uma margem de progressão gigantesca e perante a veterania dos centrais da selecção nacional poderá vir a ser o patrão da defesa nos próximos anos na formação das quinas. 

Do berço guimarães até um grande do futebol português

O defesa internacional sub-21 pela selecção nacional Paulo Oliveira, oriundo de Vila Nova de Famalicão, nasceu a 8 de Agosto de 1992 e cresceu enquanto futebolista primeiramente ao serviço do Famalicão, de 2000 até 2005. A fase de maturação do jogador foi consumada de Guimarães ao peito, evoluindo enquanto atleta no conjunto minhoto de 2005 até 2013. Ao longo destes 8 anos, o central deu nas vistas pela maturidade que ia denotando apesar da juventude que tinha, cumprindo a sua formação nos diferentes escalões da selecção nacional.

Um exemplo dessa maturidade foi visível na época 2009/2010, quando aos 18 anos o jogador se estreeou pela equipa principal do Vitória, onde pegou destaque, existindo apenas registo para um empréstimo ao Penafiel na época 2011/2012. Enquanto defendeu as cores do Vitória de Guimarães, Paulo Oliveira contribuiu para uma qualificação para as competições europeias e partilhou a defesa vimaranense com jogadores como Kanú e N'Diaye, sendo sempre reconhecido como o líder e o patrão nos últimos do Vitória Guimarães. 

O auge da sua carreira ocorreu em Maio de 2013 quando, em pleno estádio do Jamor, conquistou a Taça Nacional frente ao grande Benfica, sendo um dos principais obreiros para esta gloriosa conquista. Depois de uma época 2013/2014 de consolidação (82 partidas nas duas últimas temporadas ao serviço do Vitória), o Sporting confirmou a sua contratação para a presente época 2014/2015, fixando a claúsula em 45 milhões de euros. Ao serviço da selecção sub 21, o central confirmou ainda mais as características de líder e contribuiu activamente para o recente apuramento para o Campeonato da Europa do próximo ano (17 internacionalizações). O jogador ambiciona chegar à selecção A e é um dos mais sérios candidatos a suceder ao veterano Ricardo Carvalho.

Jornada 9: Paulo Oliveira regressa ao berço

Depois de um início de época intermitente ao serviço do clube de Alvalade, Paulo Oliveira deixou definitivamente o banco de suplentes para assumir a titularidade, com destaque para a partida frente ao Chelsea que o português aproveitou para render o lesionado Maurício, não acusando a pressão de entrar numa partida de tanta responsabilidade como é uma da Liga dos Campeões. Do plantel leonino, Paulo Oliveira é claramente o maior central com potencial e qualidade e Marco Silva demorou, mas acabou mesmo por perceber que contar com o ex-Vitória no último reduto é uma mais-valia para o quarteto leonino, que com Sarr e Maurício esteve longe de chegar à estabilidade de um grande. 

Na partida anterior frente ao Marítimo, Paulo Oliveira foi essencial e decisivo na 1ª parte, dando segurança a defender e letal no golo que concretizou, acabando por ser fulcral para o 4-2 final. Em género de antevisão para a 9ª jornada do Campeonato é de realçar que Paulo Oliveira chega a Guimarães, clube que bem conhece, na sua melhor fase ao serviço do emblema sportinguista, sendo taticamente um dos maiores trunfos de Marco Silva para conhecer os processos de jogo de Rui Vitória no Guimarães. O Vitória tem sido uma das equipas sensação da presente Liga, estando 1 ponto à frente na tabela classificativa dos leões (Guimarães 3º, 17 pontos; Sporting 4º, 16 pontos).

Como tal, para além da rivalidade classificativa que os 2 emblemas têm protagonizado nas 8 primeiras jornadas, o regresso de Paulo Oliveira é um dos maiores focos de atenção para o escaldante jogo da próxima jornada, e a equipa VAVEL promete cobrir todas as incidências deste magnífico jogo de duas das melhores equipas a praticar futebol em Portugal. 

VAVEL Logo
CHAT