Traoré ruma ao Basileia

Traoré ruma ao Basileia

O defesa esquerdo de 24 anos, depois de ter renovado pelo Vitória de Guimarães, assinou pelos suiços de Basileia orientados pelo português Paulo Sousa. Adama Traoré foi um dos protagonistas principais no grande trajecto que a equipa de Rui Vitória fez nesta primeira volta do campeonato.

tiagolabreca
Tiago Labreca

A campanha do Vitória de Guimarães tem sido deveras incrível e suscitado o interesse de muitos clubes grandes por toda a Europa. Rui Vitória conseguiu trazer jogadores modestos, quer da Equipa B quer do estrangeiro, e juntá-los a papel químico. A uma jornada do fim da primeir volta o Vitória de Guimarães está no quarto lugar e apenas foi ultrapassado pelo Sporting na terceira posição nesta jornada, depois de terem perdido contra o Campeão Nacional Benfica, em pleno Estádio da Luz. 

É obvio que esta boa prestação da equipa de Rui Vitória também provoca um reverso na medalha. Com jogadores tão influentes como André André, Bernard, Hernani, Traoré, João Afonso, era evidente que equipas com outras possibilidades monetárias iam começar a tentar "pescar" jogadores no Guimarães. Foi o que aconteceu com o Adama Traoré, o indiscutível lateral esquerdo dos vimaranenses. Com 18 jogos oficiais, Traoré chegou esta época ao Vitória de Guimarães vindo da modesta Liga Australiana, nomeadamente do Melbourne Victory pegando de estaca na equipa de Rui Vitória e tornando-se um dos melhores laterais do campeonato português

Agora irá passar da Cidade do Berço para Basileia onde vai ser orientado por Paulo Sousa e onde vai disputar os oitavos de final da Liga dos Campeões. O costa marfinense de 24 anos terá agora possibilidades de provar aquilo que mostrou em Portugal, um lateral de enorme capacidade física, um velocista que ataca melhor do que defende mas que é bastante competente em todo comprimento do lado esquerdo do campo. Desta forma, entrarão 2 milhões nos cofres do Vitória de Guimarães em troca da cedência do jogador que assinou pelo Basileia até 2018 com mais um ano de opção.

Negócio a lembrar Cissokho 

Voltemos ao ano de 2009, o FC Porto precisava de um lateral esquerdo e apontou baterias para a contratação de um modesto francês que se evidenciava pelo Vitória de Setúbal, Aly Cissokho. O lateral foi para o Dragão a troco de 300 mil euros e fez uma época onde deslumbrou pela sua grande capacidade ofensiva e profunidade que dava ao jogo do FC Porto. No verão de 2009, o inesperado aconteceu. O Lyon contratou Cissokho por 15 milhões e deu um enorme lucro aos cofres do FC Porto. 

Passados 6 anos, novamente um episódio similar mas com valores mais baixos. Traoré, de 24 anos, chega ao Vitória de Guimarães a custo zero e depois de uma metade época de altíssimo nível é transferido para um bom clube europeu que está em primeiro lugar no campeonato suiço e que ainda disputa a Liga dos Campeões curiosamente contra o FC Porto. Portugal não deixa de ser uma grande "fábrica" de talentos pronta a exportar para toda a Europa. 

VAVEL Logo