Marítimo vende Maazou aos chineses do Hangzhou Greentown

Marítimo vende Maazou aos chineses do Hangzhou Greentown

Era o goleador máximo do Marítimo na Liga e estava no pódio dos artilheiros da prova: Maazou foi vendido pelos insulares aos chineses do Hanghzou Greentown apenas seis meses depois de assinar pelos madeirenses.

vavel
VAVEL

O destino de Maazou ficou ontem selado e, sabe-se desde ontem, não passará pelos Barreiros: o avançado do Níger, de 26 anos, assinou pelos chineses do Hangzhou Greentown e já abandonou o clube insular, deixando uma verba importante nos cofres dos Leões da Madeira.

O possante ponta-de-lança, que no ano passado jogou ao serviço do Vitória de Guimarães, estava a brilhar no Marítimo de Leonel Pontes, sendo, atrás de Jackson Martínez, o melhor goleador da Primeira Liga (em igualdade de golos com Talisca), com 9 tentos assinados.

Maazou era a galinha dos golos de ouro do Maritimo

Os madeirenses ficam assim sem a sua galinha dos golos de ouro - dos vinte e dois golos insulares na Liga, nove foram da autoria de Maazou; o corpulento atleta, que já passou pelo Mónaco, Bordéus e CSKA Moscovo, vai agora competir na liga chinesa.

«Os negócios, quando são feitos, não podem ser considerados negócios da China. Neste caso, pode não ter sido o melhor, mas foi o que conseguimos para o momento que vivemos. Se analisarmos o pouco tempo que o Maazou esteve no Marítimo, podemos considerar que fizemos um bom negócio», declarou o presidente insular Carlos Pereira, na passada Quinta-feira.

Cristian Alex chega aos Barreiros

Em sentido inverso, a caminho dos Barreiros, chega Cristian Alex, médio ofensivo de 21 anos, proveniente do Cruzeiro de Belo Horizonte. «Cristian há muito que estava referenciado e a sua chegada é o retomar de uma parceria com o Cruzeiro, que, por motivos alheios, se fechou, mas que agora se abriu», explicou.

 

VAVEL Logo