Sporting x Gil Vicente: Leão ferido quer cantar de galo
Foto: Demotix

Sporting x Gil Vicente: Leão ferido quer cantar de galo

Sporting e Gil Vicente defrontam-se este domingo, numa partida a contar para a 22ª jornada da Liga NOS. Os leões atravessam um momento complicado e querem voltar às vitórias três jogos depois. Mas do outro lado está o melhor Gil Vicente da época; a equipa de Barcelos quer dar continuidade aos dois triunfos consecutivos e que retiraram os gilistas da zona de despromoção.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Leão regressa ao passado

Para o Sporting, o desafio do próximo domingo diante do Gil Vicente apresenta contornos em tudo semelhantes aos vividos aquando da visita do leão a Barcelos. Com efeito, quando a equipa de Marco Silva visitou o reduto gilista, trazia consigo um registo de três jogos consecutivos sem ganhar, fruto dos empates com Benfica e Belenenses, para o campeonato, e com o Maribor na Liga dos Campeões.

Perante esta situação, o leão deu uma resposta clara e cabal, derrotando o Gil Vicente por esclarecedores 0-4. Nos dez minutos iniciais o Sporting marcou dois golos, fruto dos inspirados remates de Adrien e Nani, acabando por fazer o resultado final já na segunda parte com os golos de Slimani e André Carrillo. (foto: Catarina Morais/AFP)

Poucos meses depois, o leão como que regressa ao passado, já que vive uma situação em tudo idêntica à supracitada. Depois do amargo empate diante do Benfica, a formação de Alvalade repetiu o resultado diante do Belenenses, vendo a sua diferença para o rival lisboeta aumentar para 9 pontos. Como se tal não fosse suficiente, a primeira-mão dos 16avos da Liga Europa trouxe uma derrota na Alemanha diante do Wolfsburg por 2-0, deixando o Sporting numa situação muito complicada no que à eliminatória diz respeito.

Assim, e já que a história parece repetir-se até agora, os jogadores e adeptos leoninos certamente quererão que tal continue até domingo, ou seja, que a equipa responda à altura e que vença de forma clara.

Quem quer por um ponto final nesta narrativa será com certeza o Gil Vicente. Os homens de José Mota atravessam o melhor momento de forma da temporada, esperando dar continuidade às duas vitórias consecutivas diante de Marítimo e Paços de Ferreira, triunfos que permitiram ao galo respirar melhor no que a classificação diz respeito. (foto: ASP)

Galo depenado na visita ao leão

Mas a tarefa não se prevê fácil para os minhotos, isto se tivermos em conta o histórico de visitas ao reino do leão. Assim, e nas 17 deslocações a Alvalade para o campeoanto, os gilistas somam 14 derrotas, 2 empates e apenas uma vitória; em 2002/2003, o Gil Vicente venceu no reduto leonino por 0-3, graças aos golos de Manoel, Gaspar e do ex-leão Paulo Alves.

Já no que diz respeito ao Sporting, e dos muitos triunfos alcançados diante dos gilistas, destacam-se duas goleadas. A primeira na época 1993/94, onde os leões treinados por Bobby Robson, atropelaram a formação de Barcelos por 6-0. Juskowiak e Balakov com dois golos cada um foram as figuras do encontro, aos quais se juntaram Vujacic e Luís Figo com os respectivos tentos.

Resultado semelhante ocorreu recentemente na época 2001/2012; em Alvalade o Sporting não deu hipóteses ao adversário, goleando por 6-1. Capel e Bojinov bisaram,aumentando substancialmente um marcador aberto por Daniel Carriço e Van Wolfswinkel; desta vez, e ao contrário de 1994, os gilistas ainda conseguiram o golo de honra da autoria de Roberto.

Manter o bom momento

Depois de duas saborosas vitórias nas duas últimas jornadas, José Mota quer que o Gil Vicente continue na senda dos bons resultados, aproveitando a motivação para tentar superar um adversário muito complicado. (foto: ASF)

«Quando trabalhamos sobre vitórias é tudo muito melhor, é um tónico muito importante. Mais ainda sobre uma sequência de jogos positivos. É motivador, mas sabemos que é muito difícil defrontar o Sporting, um adversário que ainda não perdeu em casa, que é claramente favorito. Estamos confiantes e queremos manter este ciclo positivo.». Um ciclo que contrasta com o do Sporting. Apesar de estar sem vencer há três jogos e de vir de uma derrota na Alemanha, José Mota não acredita num leão fragilizado.

«É um contexto totalmente diferente. Sabemos da forma de actuar do Sporting, uma equipa fortíssima, que gosta de assumir o jogo e é sempre favorita em casa contra qualquer equipa do mundo. Esperamos fazer bem o nosso trabalho e condicionar o adversário. Se estivermos concentrados em todos os aspectos, vamos dificultar o jogo ofensivo do Sporting e teremos as nossas oportunidades.».

Obrigatório ganhar

Para Marco Silva não há grandes dúvidas, após os resultados menos conseguidos nas últimas partidas,  é obrigatório vencer e, de preferência, com uma boa exibição. (foto: ASF)

«Não tivemos os resultados que pretendíamos nos últimos jogos e temos obrigatoriamente de voltar às vitórias neste jogo, ainda para mais jogamos no nosso estádio. Se for possível conciliar isso com uma boa exibição, óptimo».

O treinador do Sporting assume o favoritismo da sua equipa, perante um adversário que espera mais fechado e a jogar no erro da sua equipa. «O Gil Vicente tem estado bem, mas, respeitando o nosso adversário, o jogo vai depender da nossa ambição dentro de campo. Vai ser um jogo difícil, com um adversário que vai jogar muito fechado, sempre à espera do nosso erro. Amanhã temos de estar no máximo das nossas capacidades para vencer. Temos de assumir o favoritismo.».

A partida com os gilistas antecede a deslocação ao Dragão. Apesar de Adrien e William estarem em risco de falharem o Clássico, o técnico leonino sublinha que estes jogadores não terão um cuidado especial. «Cuidado especial? Vamos ter com o nosso adversário amanhã. O nosso foco está no Gil Vicente. Temos dois jogadores em risco de suspensão mas não é isso que nos preocupa. Ainda não pensamos no jogo com o FC Porto.».

Na lista de convocados de Marco Silva, destaque para as presenças de Miguel Lopes e do jovem escocês Ryan Gauld. De fora fica o castigado Cédric e ainda o lesionado Islam Slimani.

Lista de convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck;

Defesas: Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo, Naby Sarr, Jefferson, Jonathan Silva;

Médios: William Carvalho, Oriol Rosell, Adrien, João Mário, André Martins, Ryan Gauld, Carrillo, Carlos Mané, Capel e Nani;

Avançados: Montero e Tanaka.

O jogo entre Sporting e Gil Vicente está marcado para as 18:15h de Domingo, e terá arbitragem de Jorge Tavares.

VAVEL Logo
CHAT