Astana pode perder licença World Tour
Astana pode perder licença World Tour (Foto in cyclingtips.com)

A Astana pode estar perto de perder a sua licença World Tour, o que retiraria a equipa do Cazaquistão do principal escalão do ciclismo internacional. O pedido de exclusão da equipa de Vincenzo Nibali, último vencedor do Tour de France, foi feito pela própria União Ciclista Internacional (UCI) à comissão responsável pelo licenciamento das formações, em face dos cinco casos de doping confirmados na Astana em 2014.

5 casos de doping ameaçam atirar a Astana para fora do World Tour

A notícia foi hoje avançada pelo jornal francês L’Équipe, que afirma que o relatório preparado pela UCI sobre os recentes e repetidos casos de doping na Astana já permitem dotar a comissão de licenças das informações necessárias para proceder contra a formação cazaque dirigida por Alexander Vinokourov, também ele apanhado nas malhas do doping enquanto corredor, o que lhe valeu uma suspensão entre 2007 e 2009. Recorde-se que desde a segunda metade do ano passado foram verificados cinco controlos de doping positivos na equipa continental da Astana: Maxim e Valentin Iglinsky, Ilya Davidenok, Victor Okishev e Artur Fedosseyev.

Aguarda-se confirmação desta informação pela UCI, mas verificando-se a notícia avançada pelo referido diário francês, a equipa onde corre o último vencedor do Tour de France, o italiano Nibali, poderá este ano ficar impedida de procurar renovar o título na mais famosa prova do ciclismo mundial.

VAVEL Logo