Emoção até ao fim: Atlético de Madrid carimba passagem nos 'penalties'
Mario Suárez empatou a eliminatória na primeira parte. (FOTO: sportsmole.co.uk)

Emoção até ao fim: Atlético de Madrid carimba passagem nos 'penalties'

A equipa de Simeone sofreu para vencer os alemães do Bayer Leverkusen e teve mesmo de recorrer aos penalties para seguir em frente.

pedrocorreia
Pedro Correia

O Atlético de Madrid sofreu para conseguir eliminar os alemães do Bayer Leverkusen, mas conseguiu carimbar a passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, através da marcação de grandes penalidades.

Emoção até ao último instante

Foi uma noite de indecisão até ao último instante, em Madrid. Os «colchoneros» enfrentavam o Bayer sabendo de antemão que a derrota na Alemanha na primeira-mão da eliminatória exigia uma resposta à altura do vice-campeão europeu. 

No Vicente Calderón, os madrilenos começaram a partida com um percalço aos 22', quando viram o seu guarda-redes Moyá sair lesionado para a entrada de Jan Oblak (ex-Benfica). Ainda assim, a equipa de Diego Simeone não se deixou abalar e conseguiu mesmo chegar ao golo - igualando a eliminatória - através de Mario Suárez, aos 27'.

A partir deste momento, espanhóis e alemães foram incapazes de alterar o marcador e resolver a eliminatória para um dos lados, mesmo após prolongamento, sendo que, deste último período da partida, fica ainda uma nota para a lesão de Lars Bender do lado visitante, que foi substituído por Papadopoulos, aos 104'. 

Após os 120 minutos, a partida seguiu para grandes penalidades, onde a maior ineficácia do Leverkusen face aos rojiblancos se encarregou de desempatar o jogo a favor do emblema da casa. No momento da decisão, Fernandos Torres (Atl. Madrid) converteu o penalty e o avançado Kiessling (B. Leverkusen) falhou, atirando por cima da barra e acabando com as aspirações da equipa orientada por Roger Schmidt nesta edição da Liga dos Campeões. 

VAVEL Logo