Nico Gaitán x Ricardo Quaresma: Os magos que podem desequilibrar

Nico Gaitán x Ricardo Quaresma: Os magos que podem desequilibrar

O Clássico de Domingo já está a dar que falar, e enquanto adeptos, jogadores e dirigentes vão lançando prognósticos para o resultado final, nós vamos analisar ao detalhe, dois dos principais criativos ofensivos de SL Benfica e FC Porto.

TiagoPratas
Tiago Pratas

O clássico de Domingo deixará praticamente claro quem irá ser o próximo campeão Nacional. Em caso de vitória encarnada, o título fica praticamente entregue, enquanto que uma vitória dos dragões no reduto das águias significará todo um recomeço desta batalha Benfica - FC Porto, sendo que as equipas ficariam, nesse cenário, empatadas pontualmente (o FC Porto terá de vencer por margem de dois ou mais golos para suplantar o Benfica no desempate do confronto directo) - podendo os golos serem um factor crucial no desempate do «goal average» entre os dois rivais na recta final da Liga NOS.

E a forma de jogar destas duas equipas tem muito a haver com a forma destes dois homens - Nico Gaitán e Ricardo Quaresma. São os principais poços de magia técnica de ambas as equipas. São eles que pegam na bola e a levam em diante, criando e inventando sempre alguma jogada, que no final, ou dará em golo, ou em ocasiões de perigo iminente. Sem eles, tudo é menos mecanizado. Gaitán e Quaresma: que influência têm, afinal, estes dois homens no clássico?

O Perfil de Gaitán:

O futebol que o Benfica pratica tem muito a haver com a forma em que está este homem. A formação encarnada ressente-se sempre da falta do extremo criativo Gaitán, quando ele não joga, todo o futebol encarnado estagna em termos de fluência ofensiva. Tal força ofensiva é muito menor, tal como toda a qualidade do jogo praticado pelos encarnados. 

Tem a função de extremo esquerdo, no entanto, ele corre todo o meio campo ofensivo - faz transições de uma linha à outra, diagonais perigosas e combinações interiores, entrando pelo meio para deixar a bola nos seus companheiros e aparecer na área para causar estragos. Outro dos movimentos bastante utilizado, é o de ir à linha final, entrar para dentro, e cruzar desde o bico da área, para a área de penalti, onde está quase sempre algum homem da frente das águias para concretizar. É um movimento que poderá ser utilizado frente aos dragões, visto que já por variadas vezes, correu bem. Nico Gaitán já leva 21 jogos para o campeonato, nesta temporada, tendo apontado 4 golos. 

O Perfil de Quaresma: 

Ricardo Quaresma é um homem mais de linha. Gosta de jogar junto à linha lateral, ter bola, e depois, aí sim, cortar para dentro, e tentar criar jogadas individuais, que faz muitíssimo bem, ou então, assistir os seus companheiros. 

A experiência que foi adquirindo ao longo de toda a carreira, tem vindo a ser fundamental na formação dos dragões. Apesar de no início da temporada, o atleta não ter tido confiança a 100% de Julen Lopetegui, parece que já tudo se resolveu, e actualmente, o internacional português é praticamente um titular indiscutível (na ausência de Tello), na equipa do FC Porto. Pode muito bem decidir um jogo. Tal como fez frente ao Bayern, em que deu a vitória aos dragões, ao apontar dois golos em apenas 10 minutos.

Quaresma, extremo driblador imprevisível, é um jogador que gosta de clássicos, e concerteza que quererá vingar o 0-2 da primeira volta do campeonato, em que os encarnados foram ao reduto dos dragões, e saíram de lá com os três pontos. Interessante também, analisar que nesse jogo, Ricardo Quaresma foi suplente utilizado, tendo entrado apenas aos 53'. Quaresma já realizou 25 jogos, tendo apontado 6 golos. 

VAVEL Logo
CHAT