Copa América: Argentina e Colômbia discutem acesso às meias-finais

Copa América: Argentina e Colômbia discutem acesso às meias-finais

O confronto entre duas das melhores equipas da competição irá acontecer na madrugada de hoje para amanhã pelas 00.30 horas. Quem vencer vai jogar com o vencedor do Brasil-Paraguai.

paulopereira79
Paulo Pereira

A Argentina enfrenta hoje a Colômbia na madrugada de hoje para amanhã pelas 00.30 horas, numa partida que se adivinha renhida e escaldante. Nos quartos de final vamos ter uma partida apetecível com duas das melhores equipas da América do Sul e o vencedor vai jogar com quem ganhar a eliminatória entre Brasil e Paraguai.

A Argentina terminou o Grupo B na primeira posição, mas pouco mostrou em termos de bom futebol, tendo inclusive partidas sonolentas como no 1-0 diante da Jamaica. Os colombianos, que tiveram como maior feito vencer o Brasil por 1-0, avançaram apenas como um dos melhores terceiros colocados. «É um torneio diferente a partir de agora, e qualquer coisa pode acontecer. O que aconteceu na primeira fase não vai influenciar e agora e qualquer um pode ganhar. Espero que a Argentina esteja em um bom dia", afirmou Gerardo Martino, treinador da selecção argentina.

José Néstor Pekerman, argentino que comanda a seleção da Colômbia acha que vai ser um grande jogo e que Messi será a principal ameaça à baliza colombiana. «Teremos de estar muito atentos a cada movimento, ninguém se pode distrair. A Argentina tem vários jogadores que desequilibram, mas a individualidade de Messi é primordial. É verdade que temos alguns problemas inesperados, entre lesões e suspensões, mas estamos altamente motivados para conseguir um bom resultado». 

O defesa central Nicolás Otamendi e o atacante Sergio Aguero, preservados contra a Jamaica voltarão para aumentar o leque de opções «alviceleste». Por seu lado a Colômbia tem baixas problemáticas - Carlos Sánchez, suspenso por acumulação de cartões amarelos, e Edwin Valencia, de fora do torneio por lesão na perna direita, ficam de fora. Abel Aguilar e Freddy Guarín, ambos a contas com lesões, também são ausências certas. Carlos Bacca, avançado do Sevilha está castigado por agressão a Neymar.

Equipas prováveis:

ARGENTINA: Sergio Romero, Pablo Zabaleta, Nicolás Otamendi, Ezequiel Garay e Marcos Rojo; Javier Mascherano, Lucas Biglia e Javier Pastore; Lionel Messi, Ángel Di María e Sergio Aguero

COLÔMBIA: David Ospina, Camilo Zúniga, Cristian Zapata, Jeison Murillo e Pablo Armero; Alexander Mejía, Juan Cuadrado, Víctor Ibarbo e James Rodríguez; Falcao e Teófilo Gutiérrez

VAVEL Logo
CHAT