Negócio certo: Sud América trata da vinda de Osvaldo para o FC Porto
Foto via: ESPN

Negócio certo: Sud América trata da vinda de Osvaldo para o FC Porto

O matador argentino está mesmo a caminho do FC Porto, engrossando o filão ofensivo do Dragão. A garantia é dada por Miguel Massone, gerente desportivo do Sud América, clube-empresa que mediará a transferência.

vavel
VAVEL

Mais uma transferência de alto gabarito para o FC Porto - depois dos milionários negócios de Maxi PereiraImbula e de Iker Casillas, o Porto está em vias de garantir o concurso do reputado matador argentino Pablo Osvaldo, de 29 anos. A garantia é dada pelo gerente desportivo do Sud América, clube-empresa uruguaio que está a tratar da transferência do avançado para o reino do Dragão.

Chegada ao Porto com escala no Uruguai

Pablo Osvaldo terminou o contrato que o ligava ao Boca Juniors e está agora livre para escolher o seu futuro; o FC Porto está em conversações adiantadas com o jogador natural de Lanús, na Argentina, e o negócio está praticamente garantido. «Ele acabou contrato com o Boca Juniors. É um jogador que não tem clube, mas que não vai directo para o FC Porto, porque somos nós que vamos conduzir a negociação», explicou Miguel Massone, que relevou o papel intermediário do Sud América.

«O Sud América é uma instituição dirigida por um grupo empresarial, é um clube-empresa. No caso do Osvaldo estamos perante uma transferência e tecnicamente precisa de um clube, que no caso somos nós, um clube empresa», esclareceu Massone em declarações à Sport 890. Está assim encontrado o avançado de montra que irá, provavelmente, ser o titular do ataque portista - mais uma contratação de alto calibre que eleva a confiança dos adeptos do FC Porto.

Instabilidade emocional é pecha numa carreira actualmente em baixa

Pablo Osvaldo tem um percurso já longo no futebol, tendo passado pelos campeonatos argentino, italiano, espanhol e inglês. O ponta-de-lança deu nas vistas no Hurácan, o que o levou a emigrar para Itália, onde representou o Atalanta, Lecce, Fiorentina e Bolonha, sempre com actuações medíocres. Em Espanha, onde militou durante as épocas 2009/2010 e 2010/2011, marcou 22 golos ao serviço do Espanyol; no regresso a Itália, apurou a veia goleadora e assinou 28 golos em duas temporadas, pela AS Roma.

Osvaldo brilhou na AS Roma (Foto: Zimbio)

A redução de forma exibicional chegou a partir da 2013/2014, com as passagens falhadas pelo Southampton, Juventus e Internazionale; a conduta indisciplinada e a instabilidade emocional obrigaram o jogador a regressar à Argentina, onde jogou no Boca Juniores, somando 14 aparições e 6 golos. Os casos de indisciplina de Osvaldo empilharam-se ao longo dos últimos anos e Julen Lopetegui terá o desafio de fomentar o equilíbrio emocional necessário para que o atacante possa render no reino do Dragão.

VAVEL Logo