Boavista 0-0 Sporting: Pantera trava Leão, que falha liderança isolada
Sporting empata e falha assalto à liderança isolada (foto: abola.pt)

Boavista 0-0 Sporting: Pantera trava Leão, que falha liderança isolada

Boavista e Sporting empataram a zero esta noite, em partida relativa à sexta jornada da Liga NOS. No Estádio do Bessa axadrezados e leões não foram capazes de desfazer o nulo, um resultado que impede a equipa de Alvalade de se isolar na liderança do campeonato.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Muralha xadrez

Boavista e Sporting entraram em campo com algumas novidades; Petit trocou o possante Uchebo pelo médio Anderson Correia, enquanto que no Sporting, João Pereira e Fredy Montero regressaram ao onze inicial.

O primeiro tempo foi pautado pela forte entrada dos leões na partida, um ímpeto que foi sendo controlado por um Boavista muito compacto a defender, com especial ênfase nos flancos onde Tengarrinha e Anderson Correia juntavam-se aos laterais e impediam as perigosas descidas de João Pereira e, principalmente, Jefferson. Com os corredores fechados, os homens de Jorge Jesus iam procurando combinações na zona central, esbarrando quase sempre na boa organização e densidade defensiva da equipa da casa. (foto: Lusa)

Apenas através de bola parada o Boavista chegava perto da área de Rui Patrício, curiosamente foi numa dessas iniciativas que os axadrezados criaram a primeira ocasião para golo; treze minutos e um livre bombeado para a área leonina encontra a cabeça de José Manuel que cabeceia a rasar o poste direito. Tal lance acabou por ser um acto isolado, já que até final do jogo os homens de Petit não voltaram a realmente incomodar o guardião verde-e-branco.

Até ao intervalo o jogo manteve-se na mesma toada com o Sporting a controlar, mas sem nunca ameaçar; excepção feita para o minuto 42 quando Fredy Montero rematou já dentro da área, valeu aí o central Henrique a impedir o golo dos forasteiros.

Sporting: Assalto à liderança falhado 

No segundo tempo a toada da partida pouco mudou, a única diferença residia num Boavista disposto a esticar um pouco mais o seu jogo, não se resumindo a defender no seu meio-campo. Todavia tal não passou de intenção, o Sporting continuava a carregar, mas nunca criando verdadeiro perigo. Na altura das substituições, Petit desmontou a sua estratégia inicial fazendo entrar Uchebo, passando assim a jogar em 4x3x3; no Sporting, Jesus refrescava o ataque com Mané e Téo mas de pouco lhe valia, o grande destaque acabou por ser o regresso de William Carvalho à equipa, três meses depois.

O Sporting tinha agora mais espaço nos flancos, mas mostrou sempre pouca inspiração quando se acercava da baliza de Mika. As únicas excepções foram as iniciativas de Téo aos 62 minutos, e Slimani aos 76, e se o primeiro remate saiu ao lado, o segundo encontrou pela frente o guardião axadrezado. Com o passar dos minutos a natural ansiedade foi assolando o espírito sportinguista, algo que, ao contrário do jogo com o Nacional, a equipa não conseguiu contrariar, falhando assim o assalto à liderança isolada da Liga.

Com este empate o Sporting cola-se novamente ao FC Porto no topo da tabela; ambas as formações têm agora dois pontos de vantagem sobre o Benfica, que foi a equipa mais beneficiada nesta jornada, ao recuperar dois pontos aos dois rivais directos na luta pelo título.

VAVEL Logo
CHAT