Arouca x Sporting: Leão quer vencer para esquecer desastre na Albânia
Leão regressa ao campeonato em busca da vitória (foto: maisfutebol.iol.pt)

Arouca x Sporting: Leão quer vencer para esquecer desastre na Albânia

O Sporting visita este domingo o Arouca, em partida relativa à 10ª jornada da Liga NOS. Depois da hecatombe vivida na Albânia, os leões regressam ao campeonato dispostos a dar um rugido de resposta, procurando um triunfo que mantenha a equipa de Alvalade na liderança isolada do campeonato. Contudo a tarefa não se avizinha fácil, já que do outro lado está um Arouca que já bateu o pé ao Benfica esta época.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Regressar ao oitenta

Depois de um brilhante triunfo no derby lisboeta e de uma vitória importante diante do Estoril, o Sporting interrompeu (e de que maneira!) a sua série vitoriosa. A inesperada e humilhante derrota diante do modesto Skenderbeu por 3-0 não estaria certamente nos planos dos albaneses, quanto mais de Jorge Jesus e a sua equipa. Após o desastre albanês, que praticamente hipotecou as hipóteses dos leões se apurarem para a próxima fase da Liga Europa, o Sporting regressa ao "modo campeonato", esperando-se uma resposta à altura do actual líder da prova.

Sporting é o actual líder isolado da Liga NOS (foto: pt.uefa.com)

Assim, a partida de Arouca constitui o primeiro grande desafio à capacidade psicológica do plantel leonino; perante o pior resultado da temporada, veremos se tal não passou de uma simples pedra no caminho, ou se a partir dessa pedra se poderá construir uma verdadeira muralha no caminho do leão.

Depois de fazer inúmeras alterações no onze titular na Liga Europa, é praticamente certo que Jesus regresse ao seu onze-base. É nessa mesma equipa que treinador e adeptos carregam a esperança de trazer o Sporting do -8 de volta ao 80 que colocou a equipa de Alvalade no topo da tabela. 

Leão quer voltar às vitórias (foto:ASP)

Rei dos empates já abateu campeão

Já foi líder, agora está a meio da tabela. Seja qual for a perspectiva, a verdade é que o Arouca está a realizar, até ao momento, a sua melhor época no escalão maior do futebol português. Os comandados de Lito Vidigal chegaram mesmo a comandar o campeonato nas rondas iniciais, fruto de dois triunfos em outras tantas jornadas; uma dessas vitórias foi diante do bi-campeão nacional Benfica, graças a um golo solitário de Roberto.

Desde então, os arouquenses foram somando pontos de forma consecutiva, excepção feita para a derrota caseira diante do FC Porto. O clube é o actual "rei dos empates", contabilizando seis igualdades, e que constituem actualmente metade da pontuação da equipa. Tendo em conta estes números, não se adivinha vida fácil para o Sporting na visita a um campo onde já muitos deixaram pontos.

Arouca é duro de roer em casa (foto: maisfutebol.iol.pt)

História curta mas boa

O panorama torna-se mais animador para o leão se este atentar ao histórico de visitas a casa do Arouca. Tendo em conta a «juventude» dos arouquenses na Liga, apenas se contabilizam duas partidas ao Municipal de Arouca. Contudo, e apesar de uma história breve, a verdade é que o Sporting saiu vitorioso dessas mesmas duas visitas. Em 2013/2014 os leões visitaram os nortenhos pela primeira vez. Debaixo de um dilúvio de sobre um relvado quase impraticável, o Sporting venceu por 2-1, com golos de Rojo e Slimani.

Slimani fez o golo da vitória (foto: dn.pt)

Na temporada passada a equipa de Alvalade voltou a repetir a dose, desta vez com uma vitória por 3-1, graças aos golos de Montero, Carrillo e Tobias Figueiredo.

Regresso à normalidade

Para a deslocação a Arouca estão confirmados os regressos de William Carvalho e Bryan Ruiz. Para além destes, é de esperar que Jorge Jesus faça alinhar novamente o seu onze mais forte, fazendo assim profundas alterações relativamente à partida da passada quinta-feira, na Albânia.

Equipa que empata não se mexe

Do lado do Arouca, o técnico Lito Vidigal tem praticamente todo o plantel à sua disposição. Assim sendo, não são de esperar grandes alterações relativamente ao onze que iniciou a partida diante do Vitória de Setúbal.

Leão nos limites

No lançamento da partida deste domingo, Jorge Jesus enalteceu o bom campeonato do Arouca, um adversário que, segundo o técnico leonino, irá obrigar a sua equipa a aplicar-se ao máximo para sair com os três pontos. (foto: abola.pt)

«O Sporting tem que estar no seu máximo técnico, táctico e competitivo para vencer. O que tivemos foi chegar, dormir e hoje sair para Arouca. [...]O jogo vai ser difícil porque esta equipa do Arouca ainda só perdeu um jogo, com o FC Porto. Além disso, vem de cinco jogos sem perder e é das equipas que menos golos sofre.».

Para o treinador do Sporting, o jogo na Albânia já faz parte do passado, e o foco aponta totalmente para o campeonato e a manutenção da liderança. «Esse jogo (Skenderbeu) já passou, faz parte de uma prova importante mas temos outros objetivos. Amanhã (domingo) temos um jogo (Arouca) para o campeonato, que é o objetivo principal. Foi uma noite má, sabemos que acontece no futebol. Queremos valorizar o que de positivo temos conseguido e, neste momento, o Sporting é primeiro classificado com alguns pontos de vantagem sobre os rivais. É nisso que estamos focados.».

Arouca ambicioso

Do lado da equipa da casa, Lito Vidigal enaltece o valor individual e colectivo do Sporting; todavia, o técnico do Arouca quer uma equipa ambiciosa e à procura da vitória. (foto: record.xl.pt)

«O Sporting tem um coletivo forte, jogadores que individualmente conseguem desequilibrar, tem um bom treinador, é um clube que luta todos os anos por títulos. Não nos podemos comparar, de forma alguma. O único aspeto que podemos comparar, e temos que ser melhores que eles, é na ambição. Os meus jogadores têm de ser mais ambiciosos que eles se quiserem vencer.».

Depois das alterações de Jesus diante do Skenderbeu, o treinador dos arouquenses espera um Sporting a cem por cento, algo que, para o técnico, não pode fragilizar as hipóteses de vitória do Arouca«Os jogadores que têm vindo a jogar com mais frequência o [Jorge] Jesus deu-lhes descanso, fez as ditas rotações, mesmo pensado no nosso jogo. Vamos ter aqui um Sporting forte, na máxima força, mas temos de trabalhar e depois encarar o jogo com a responsabilidade que o jogo acarreta, mas acreditando que é possível vencer.».

VAVEL Logo
CHAT