Sporting x Boavista: Regressar ao topo ou fugir ao fundo
Sporting quer vencer e manter a liderança isolada da Liga

Sporting x Boavista: Regressar ao topo ou fugir ao fundo

O Sporting recebe esta segunda-feira o Boavista em Alvalade, em partida relativa à 23ª jornada da Liga NOS. Depois da derrota europeia a meio da semana, os leões viram-se agora para o grande objectivo: o campeonato nacional. Pela frente os verde-e-brancos terão um Boavista que já roubou pontos à equipa de Alvalade esta temporada.

Francisco_Ferreira
Francisco Ferreira Gomes

Prioridades definidas

Desde o início da época que Jorge Jesus definiu claramente a hierarquia de prioridades da sua equipa, e o campeonato foi sempre considerado o objectivo principal do Sporting. Se prova física fosse precisa, a partida da passada quinta-feira diante o Bayer Leverkusen foi paradigmática do foco dos leões na conquista do título. Ultrapassada que está parte da tarefa europeia, volta a Liga à agenda do leão, esperando-se aqui uma resposta e postura diferentes. A recepção ao Boavista antecede um ciclo de jogos que se avizinha complicado para os verde-e-brancos com as deslocações a Guimarães e Leverkusen, culminando com a recepção ao rival Benfica.

Assim, e já que as prioridades estão de tal forma cimentadas e definidas, adivinha-se um Sporting mais agressivo e motivado (como se a liderança isolada do campeonato não fosse motivação suficiente) do que aquele que surgiu na passada quinta-feira. Todavia, não são de esperar facilidades perante um Boavista em crescendo, e que não perde há cinco partidas. Os leões estarão certamente de sobreaviso, nem que seja pelo simples facto de terem empatado a zero na partida da primeira volta, no Estádio do Bessa.

Em Alvalade o leão é rei no xadrez

Se o Boavista quer voltar a roubar pontos ao Sporting terá de fazer algo que não acontece há seis partidas. Com efeito, o saldo de visitas dos axadrezados a Alvalade é seriamente negativo; assim, e em 52 jogos para o campeonato, os leões somam 38 vitórias, contra apenas uma da equipa do Bessa. Tal triunfo ocorreu em 1976, por uma bola a zero. Quanto aos leões, e no rol de triunfos diante do Boavista, destaque para a goleada por 6-1, ocorrida na temporada 2004/2005; um jogo com golos para todos os gostos, inclusive um bis de Hugo Viana.

Foto: ASP
Foto: ASP

 Na última época o Boavista saiu de Alvalade com nova derrota, desta vez por 2-1. Os leões marcaram logo no primeiro minuto por Adrien Silva, contudo o Boavista reagiu e empatou por Zé Manel aos sete minutos. Só no segundo tempo é que o Sporting chegou à vitória com um golo do inevitável Slimani.

Pragmatismo e ambição

Do lado do Boavista o técnico Erwin Sanchéz está ciente das dificuldades que vai encontrar, mas garante que do outro lado também há a noção de que não será um jogo fácil.

Foto: Abola.pt
Foto: Abola.pt

«O respeito que temos pelo Sporting mantém-se, mas com a ideia de trabalhar desde o início do jogo e pensando sempre que temos de disputar o jogo e não entregar os pontos ao Sporting. Temos de dar sempre o nosso melhor. Se calhar estão a dar mais valor a este campeonato do que a uma prova europeia e se pouparam alguns jogadores para segunda-feira é sinal de que já não somos tão fáceis como estariam a pensar.».

Slimani tem sido um dos jogadores-chave do Sporting. Sanchéz crê que a sua equipa está pronta para enfrentar a ameaça argelina, mas que o Boavista não se remterá exclusivamente à defesa.

«Temos trabalhado nos que eles fazem para que o Slimani fique mais liberto. Sabemos que é um dos aspetos fortes que o Sporting tem. Está a fazer muitos golos e importantes. Se metermos um ou dois autocarros à frente da nossa baliza e perdermos por 1-0, não ficaria satisfeito. Mas isso também não quer dizer que vamos a Alvalade a tentar discutir o jogo pelo jogo com o Sporting. Sabemos as dificuldades que temos e a capacidade do Sporting, mas mesmo assim não vamos deixar de ter ambição.».

Quanto ao onze, são de esperar os regressos de Renato Santos e Zé Manuel à titularidade. Eis uma previsão da equipa inicial:

A vitória acima de tudo

Também Jorge Jesus antevê dificuldades perante o Boavista. O técnico leonino elogiou a boa segunda volta dos axadrezados ainda sem derrotas. A jogar bem ou não, o mais importante é a vitória e a conquista dos três pontos.

«Mais um jogo do campeonato, difícil, contra uma equipa que tem vindo a recuperar o seu prestígio no campeonato português. O Boavista está a fazer uma segunda volta muito forte, ainda não perdeu. Vai ser um adversário complicada, como foi no Bessa, onde nós perdemos 2 pontos com alguns erros do jogo que espero bem que não se repitam porque penalizou-nos. Vamos encontrar um adversário moralizado, determinado, mas queremos fazer aquilo que é o nosso objetivo, que é vencer. Se conseguirmos vencer jogando bem, melhor, mas o objetivo são os 3 pontos para defendermos a nossa posição, o primeiro lugar.».

Para a recepção ao Boavista, Jesus não poderá contar com Wlliam Carvalho, devido a castigo. O médio junta-se a Bruno César, Paulo Oliveira e Naldo no rol de indisponíveis. Eis o onze provável do Sporting:

A partida está marcada para esta segunda-feira, no Estádio de Alvalade. Às 20h o árbitro Rui Costa dará início à partida.

VAVEL Logo
CHAT