"Vejo papaguear e dirigentes a criarem guerrilhas"

Sérgio Conceição recordou a "cabeça partida" de Herrera e afirmou que este ano o campeonato "vai pelo mesmo caminho", na conferência de imprensa deste sábado, antes do jogo frente ao Belenenses

"Vejo papaguear e dirigentes a criarem guerrilhas"
Técnico português fez este sábado a antevisão ao jogo frente ao Belenenses

  Sérgio Conceição fez este sábado a conferência de imprensa de antevisão do jogo dos dragões frente ao Belenenses, no estádio do Jamor. Quando foi confrontado com o processo disciplinar a Brahimi, o técnico português recordou o lance da Supertaça que deixou Herrera a sangrar da cabeça e aproveitou para deixar um apelo para a temporada que agora começa. "São dessas situações que falamos e não da boa equipa e boa organização do Belenenses. No ano passado havia as histórias e a novela das denúncias anónimas, este ano está-se a pegar nos jogadores individualmente. Vejo papaguear, é verdade, vejo os dirigentes na tentativa de desestabilizar e criar guerrilhas. Gostava muito, sinceramente, que este campeonato fosse o campeonato dos adeptos, dos comentadores também porque fazem parte do futebol e tenho respeito grande por aqueles falam de futebol e não do futebol.", e lamentou que "Sempre que ligamos a televisão vemos certas e determinadas coisas que não fazem nada bem ao futebol."

  Em relação ao jogo em si, marcado para amanhã, o treinador não espera facilidades e deixou elogios à formação orientada por Silas. "Sabemos que vai ser um jogo difícil, não disputado no Restelo mas no Jamor. É uma equipa à imagem do que foi na fase final do campeonato passado, positiva, com dinâmica interessante com bola, organizados sem bola, muito competente. Vamos ter as dificuldades normais e temos de saber superar essas dificuldades." Mesmo assim, o técnico afirmou que "jogo depende do que fizermos e estamos preparados para encararmos o jogo da melhor forma e conquistarmos os três pontos."

  O treinador portista desvalorizou a situação do Belenenses, que se encontra em conflito entre clube e a SAD, e que faz com que o jogo seja disputado no Jamor e não no Restelo, "casa" habitual do emblema da cruz de Cristo. Sérgio Conceição mostrou-se convicto que "quando a bola começa a rolar não interfere em nada.

  Confrontado com as declarações de Pinto da Costa sobre Marega, onde o presidente portista se mostrou satisfeito com o maliano e que afirmou que este será integrado no plantel na próxima semana, Sérgio Conceição mostrou-se reticente. "Não sei se será uma boa notícia. Depende. Se o Marega treinar, se o Marega estiver comprometido, se o Marega estiver envolvido. Vamos ver.

  Ainda houve tempo para o treinador português congratular Felipe, central portista que foi esta semana convocado para a seleção do Brasil. Conceição contou que ficou "muito contente" e considerou merecida a chamada do defesa à seleção canarinha. "Esta chamada é de todo merecida, é muito prestigiante para o FC Porto ter um jogador na seleção brasileira, assim como em todas as outras seleções."

  O jogo entre Belenenses e FC Porto tem pontapé de saída marcado para amanhã, às 18:30, no estádio do Jamor, e diz respeito à 2ª jornada do campeonato.