Thunder batem Warriors e adiatam-se na Final da Conferência Oeste

Os Oklahoma City Thunder deslocaram-se a São Francisco e bateram os Warriors, roubando assim o homecourt aos campeões em título.

Thunder batem Warriors e adiatam-se na Final da Conferência Oeste
OKC bateu Golden State (Foto: foxsports.com)
Golden State Warriors
102 108
Oklahoma City Thunder
Golden State Warriors: Curry; Thompson; Barnes; Green; Bogut
Oklahoma City Thunder: Westbrook; Roberson; Durant; Ibaka; Adams
INCIDENCIAS: Finais de Conferência Oeste, Jogo 1, Oracle Arena

Kevin Durant, Russell Westbrook e companhia obtiveram uma vitória importante, no primeiro jogo das finais de Conferência Oeste. Depois de eliminarem os crónicos candidatos ao título San Antonio Spurs em 6 jogos, os Oklahoma City Thunder somaram mais uma vitória, derrotando os campeões em título e o MVP unânime da temporada.

Pese embora os dois bons primeiros períodos dos Golden State Warriors, liderados pelo duo do MVP e do seu sidekick Klay Thompson, os Thunder reagiram e conseguiram a reviravolta no marcador, num jogo de emoção até ao último segundo.

O resultado final, fixado em 108-102 para os homens de Oklahoma deixa estes últimos com a vantagem de homecourt para o que resta da série.

Destaques individuais

Russell Westbrook: O frenético base voltou a rubricar mais uma excelente exibição, tendo galvanizado a sua equipa com a sua intensidade, tanto defensiva como ofensiva. 27 pontos, 12 assistência, 6 ressaltos e 7 roubos de bola mostram bem a importância que teve.

Westbrook liderou a reviravolta dos Thunder em São Francisco. (Foto: foxsports.com)

Kevin Durant: Exibição um pouco apagada do extremo dos Thunder, que insistiu muito no lançamento quando estava num dia não. No entanto, foi fulcral para o sucesso da sua equipa, nomeadamente a partir do terceiro período, em que entrou mais em jogo.

Steven Adams: O poste tem vindo a afirmar-se cada vez mais como um jogador sólido e com contributo importante nos dois lados do campo. Muita intensidade no plano defensivo, à semelhança daquilo que nos habituou, à qual se junta um bom jogo no outro lado do campo. Terminou a partida com 16 pontos e 12 ressaltos.

Stephen Curry: O esforço do MVP da temporada de pouco serviu aos Warriors. Apesar de ter realizado um bom jogo estatístico, não conseguiu criar os seus lançamentos como é hábito, muito por culpa da boa estratégia montada por OKC.

Banco de Golden State: Uma nota negativa para todo o banco dos Warriors, que apenas contribuiu com 16 pontos e que não trouxe o diferencial que os campeões tanto precisavam para este jogo. Iguodala, por exemplo, terá que contribuir mais nos próximos jogos para que os Warriors tenham outra sorte.

Para já, os Thunder partem na frente de umas finais de Conferência que se avizinham bastante renhidas. O próximo jogo disputa-se na madrugada de Quarta-Feira para Quinta-Feira, em São Francisco, por volta das 02h00 da manhã.