Guia VAVEL da NBA 2015/2016: Chicago Bulls
(Foto: Hugo Alves/ Editoria de Arte VAVEL)

Há anos o Chicago Bulls busca voltar ao topo da NBA. O time chegou muito perto nos tempos de MVP de Derrick Rose, mas as constantes lesões do armador impossibilitaram o sucesso dos Bulls, ao longo dos anos a equipe foi se reforçando e não espera nada menos que o título.

Teria a ex-equipe de Michael Jordan, capacidade técnica e elenco qualificado o suficiente para vencer no Leste e fazer frente aos times do Oeste?

- O QUE ESPERAR NESTA TEMPORADA?

A temporada passada deixou os torcedores dos Bulls um tanto quanto decepcionados, já que a franquia tinha potencial para chegar, ao menos, a final do Leste, mas acabou caindo para LeBron James e cia. Encerrou-se também a era Tom Thibodeau em Chicago, que foi demitido após rumores informarem um grande desgaste do treinador com a alta cúpula da franquia, o substituto é Fred Hoiberg, um jovem treinador que atuou pelos 5 anos à frente de Iowa State na NCAA e agora terá sua chance na NBA.

Para a próxima temporada as mudanças foram poucas, a franquia optou pela manutenção do contrato de Jimmy Bulter e trouxe apenas contratações pontuais, como o pivô brasileiro Cristiano Felício, além do armador Jordan Crawford. Também manteve todos os principais nomes como Pau Gasol, Nikola Mirotic e Joakim Noah.

A expectativa é otimista para a Cidade dos Ventos, com a permanência de praticamente o mesmo time, desde que saudável, os Bulls não devem ter problema para ir aos playoffs e certamente são francos favoritos à conquista da Conferência Leste.


- COMO FOI A TEMPORADA ANTERIOR?

O time foi eliminado por LeBron James (Foto: Getty Images)

Todos apontavam o Chicago Bulls como um dos favoritos para conquistar o Leste, embora as lesões tenham tirado Derrick Rose de combate por mais da metade da temporada regular, Jimmy Butler assumiu o protagonismo e conduziu a equipe de Illinois a 50 vitórias e 32 derrotas, ficando na terceira posição da Conferência Leste. Nos playoffs, a equipe fez uma série disputada contra a jovem equipe do Milwaukee Bucks e vencendo por 4 a 2, na sequência enfrentou o Cleveland Cavaliers de LeBron James e mesmo sem o mando de quadra e após uma série extremamente física, foram eliminados pelos mesmos 4 a 2.


- QUEM É O CRAQUE:

Rose teve nova lesão nos treinos de pré-temporada (Foto: Getty Images)

Derrick Rose ainda é o grande nome no United Center, apesar das constantes lesões e da desconfiança de parte considerável da torcida, o MVP da temporada 10/11 já mostrou ter potencial para guiar a franquia a voos mais altos. No início dos treinamentos de pré-temporada o armador sofreu uma lesão na face e foi submetido a outra cirurgia. A grande questão que afeta desde o mais distante torcedor até o próprio Rose, é o quanto ele pode se manter saudável para comandar a equipe, tendo em vista que as últimas temporadas foram muito prejudicais para sua química com o time.


- FIQUE DE OLHO:

Butler assumiu a liderança da equipe e levou o MIP (Foto: Getty Images)

Jimmy Butler assumiu a responsabilidade na última temporada, mostrando uma enorme evolução e se mostrando disponível para ser o franchise player dos Bulls. Suas médias aumentaram consideravelmente, saltando de 8.2 pontos em 2012/13 para incríveis 20.9 pontos em 2014/15, que o renderam o título de Most Improved Player (MIP) dado ao jogador que teve a melhor evolução na temporada, além de ter sido selecionado para o All-Star Game de 2015.


- GINÁSIO DA EQUIPE:

United Center pode ser um dos trunfos para essa temporada (Foto: Getty Images)

Nada menos que o lendário United Center, ginásio que tem a mística de ser a casa dos seis títulos conquistados pelo Chicago Bulls na década de 90, com Michael Jordan conduzindo a equipe a incrível marca de 72 vitórias e 10 derrotas na temporada 1995/96. O ginásio vem carregado de boas energias para os Bulls nessa temporada, já que foi palco da mais recente conquista dos Blackhawks, time da NHL que divide o ginásio com a equipe.

VAVEL Logo