Schalke 04 vence Eintracht Frankfurt mesmo com um a menos e segue no G-4
Schalke 04 Oficial / Divulgação

Mesmo com um a menos no campo após a expulsão do goleiro Nübel no segundo tempo, o Schalke 04 venceu o Eintracht Frankfurt neste domingo (15) por 1 a 0, na Veltins Arena, pela 15ª rodada da Bundesliga. Com gol de Benito Raman, os Azuis garantiram os três pontos na conta e passaram o Bayern de Munique na tabela.

Assim, o Schalke 04 segue em quarto, com 28 pontos, não deixando os bávaros (27 pontos) roubarem a posição. Já o Eintracht ocupa o 12º lugar, acumulando 18 pontos.

Primeiro tempo calmo

O time da casa se deu bem nos primeiros minutos de jogo. O atacante Raman comandou as melhores chances do clube, mas não obteve sucesso nas finalizações. Aos treze minutos, o técnico David Wagner precisou realizar uma substituição após McKennie lesionar-se ao disputar uma bola aérea com Bas Dost.

Juan Miranda, emprestado pelo Barcelona, fez sua estreia em campo pelos azuis. O Frankfurt começou a aparecer mais na partida, mas muitas vezes pararam nas defesas de Nübel. Do lado da casa, Serdar, Raman e Kabak tiveram oportunidades de marcar, todas desperdiçadas, sendo o goleiro Frederik Rönnow um dos grandes responsáveis por evitar.

Na reta final do primeiro tempo, os visitantes testaram a defesa do time dos mineradores com Almany Toure em cobrança de falta, mas o impedimento foi marcado. A cabeçada de  Mijat Gacinovic parada por Nübel também mexeu com os ânimos da torcida.

Expulsão e vitória do Schalke

O Schalke voltou bem do intervalo, mas os rivais também souberam como levar perigo. Kostic chutou de longe, mas acabou mandando para fora. Em seguida, Caligiuri chegou bem até a área dos vermelhos, mas Rönnow impediu-o de abrir o placar. Porém, não demorou muito até que os anfitriões marcassem. Aos oito minutos, Mascarell encontrou Harit que, com bela assistência, mandou para o belga Raman enfiar nas redes e contar vantagem. 

Tudo parecia caminhar bem para o Schalke quando aos vinte e um minutos o meia Gacinovic saiu em velocidade para o ataque e foi atingido pelo dono da braçadeira de capitão e goleiro Nübel com entrada perigosa, alta e grave, recebendo direto o cartão vermelho do juiz. Para suprir a falha, o treinador optou por substituir Harit pelo reserva Schubert, que também fez a sua estreia no campeonato. 

Mesmo com os sete minutos de acréscimo, os azuis conseguiram resistir e segurar a pressão feita pelo Frankfurt, mantendo o resultado de 1 a 0.


Na próxima quarta-feira (18), pela 16ª rodada, os azuis visitam o Wolfsburg, na Volkswagen Arena, às 16h30. Já o Frankfurt recebe o Colônia no mesmo horário.

VAVEL Logo