Juventus vence, mas Porto se classifica às quartas de final da Champions
Sérgio marca os dois gols dos dragões e garante classificação (Divulgação/ FCPorto)

A expectativa era que Juventus e Porto seria um jogo dramático, mas ninguém esperava tamanha reviravolta. Os italianos ganharam a partida por 3 a 2, mas, na prorrogação, foram os portugueses que saíram comemorando nesta terça-feira (9), já que garantiram a classificação para a próxima fase da Champions League

O jogo começou movimentado, mas o que surpreendeu é foi emoção para os dois lados. Com três minutos, Morata recebeu um cruzamento de Cuadrado e cabeceou completamente livre, mas Marchesín fez milagre e salvou os visitantes.  Pouco depois veio a resposta dos dragões, um rebote de um chute que terminou com uma cabeçada de Taremi no travessão.

Quando parecia que a partida daria uma esfriada, Demiral cometeu pênalti em Taremi. Sérgio Oliveira foi o encarregado da cobrança e ele não pipocou, deslocou Szczesny e guardou no canto esquerdo, abrindo o placar, aos 12.

Era esperado uma Juventus ainda mais intensa, já que  precisava fazer pelo menos dois para levar pra prorrogação, mas quem continuou firme no ataque foi  o Porto. As duas equipes tiveram muita dificuldade em conseguir penetrar a defesa adversária, mas a portuguesa conseguia arriscar com tentativas de fora da área, chegando a levar perigo principalmente com Jesús Corona e Otávio

🔵⚪📸#FCPorto #JUVEFCP #UCL pic.twitter.com/mUjSqzxgMC

A pressão dos mandantes que não deu as caras na primeira etapa veio forte na segunda. Antes mesmo dos cinco minutos, Chiesa empatou o confronto de volta. Bonucci carregou a bola pelo meio e fez um lançamento para dentro da área, encontrando Cristiano Ronaldo na entrada da pequena área, que deu um ajeitava para o meia italiano bater colocado e acertar a gaveta de Marchesín.

Pra piorar, e muito, a situação dos dragões, Taremi foi expulso aos oito, após chutar a bola com o jogo parado. Com um a menos, a Juve ganhou muito mais facilidade de penetração na defesa rival e virou só questão de tempo até a virada. Com 18, Cuadrado realizou mais um levantamento para a área e dessa vez Chiesa não errou a cabeçada, sem chances de defesa. 

Do jeito que deu os visitantes conseguiram frear o Chiesa e o jogo foi para a prorrogação. Nos últimos instantes do tempo normal a Juve chegou a ter um chute no travessão de Cuadrado e um gol anulado de Morata, que estava impedido. 

Durante a prorrogação restou ao Porto se defender. A Juventus dominou todas as ações, mas insistiu apenas em cruzamentos para atacar e todas as chances foram muito bem cortadas, principalmente pelo zagueiro Pepe.

Faltando cinco minutos para o fim da prorrogação os dragões ganharam uma falta bem distante do gol. Mas isso não impediu Sérgio Oliveira de arriscar e bater rasteiro, superando Szczesny e garantindo a classificação. A Juve até marcou mais um com Rabiot, mas devido ao critério do gol fora de casa a vaga ficou com a equipe portuguesa. 

O que vem por aí

Enquanto o Porto aguarda a definição de seu próximo adversário, vira o foco para a disputa do Campeonato Português. Terceiro colocado na Primeira Liga, o Dragão encara no domingo (14) o Paços de Ferreira em casa, às 17h.

Também na terceira colocação de seu campeonato nacional, a Juventus vai ter que superar uma grande decepção na Liga dos Campeões para buscar a décima conquista consecutiva da Serie A. Também no domingo (14), a Juve visita o Cagliari, às 14h.

VAVEL Logo