Liverpool
empata em casa e corre o risco de ver City se distanciar na
primeira colocação
Divulgação / Liverpool FC

Neste sábado (07), o Liverpool empatou com o Tottenham em Anfield em 1 a 1. Partida importantíssima para as pretensões de cada equipe. O Liverpool buscava a vitória para se manter na ponta da tabela. Enquanto isso, os Spurs precisavam da vitória para se manter na zona de classificação para a Uefa Champions League.

A partida inicia como todos esperavam. O Tottenham com suas linhas baixas, marcando no 5-4-1, deixando a bola com o Liverpool. Kane era o homem mais adiantado. Mas, no momento de transição, Kane executava um movimento de recuo, trabalhando como armador. Esse movimento liberava as subidas de Son e Kulusevski, pelos lados.

A marcação baixa, do Tottenham, de certa forma, era muito espaçada. A organização defensiva conseguia manter as linhas fixas, mas concedia muitos espaços entrelinhas. Em certos momentos era possível visualizar mais de um jogador neste espaço. O Liverpool se aproveitava destes espaços, e criava suas melhores oportunidades desta maneira, principalmente com Luis Díaz.

Com a organização defensiva no 5-4-1, o Tottenham conseguia impedir um maior volume de jogo pelos lados, com Robertson e Arnold. Jogada forte do time comandado por Klopp, mas nesta partida não obteve muito sucesso.

Outro detalhe percebido no time comandado por Conte é a marcação por zona nas bolas paradas. Conte coloca seu time com quatro jogadores na frente do Lloris, e executava o “trenzinho” (quando é colocado alguns jogadores, um atrás do outro), para impedir a infiltração dos jogadores do Liverpool. Desta forma, o Tottenham conseguia impedir que os Reds conseguissem ter sucesso na bola parada, principalmente com Virgil van Dijk.

Uma partida onde podemos dizer que Conte obteve sucesso sobre Klopp, pois conseguiu anular as principais jogadas do técnico alemão, e teve sucesso na sua ideia de jogo, quando Son marcou o gol da sua equipe, originada de uma transição ofensiva em velocidade, iniciada por Kane.

Por outro lado, o Liverpool precisou da jogada individual de Luis Díaz, para empatar a partida, e continuar na briga pela liderança da competição.

VAVEL Logo