Klopp vê copo meio cheio após virada na semifinal da Champions League
Foto: Reprodução / Liverpool FC

Após um primeiro desastroso no Estádio de la Cerámica, o Liverpool virou o jogo de volta da semifinal da Uefa Champions League 2021-22 contra o Villarreal, nesta terça-feira (03). Após a vitória na primeira peleja por 2 a 0, a equipe se classificou à final do certame. Após o duelo, em entrevista coletiva, Jurgen Klopp, treinador do clube, falou sobre o resultado e sobre a atuação dos comandados.

No cômputo geral da peleja, Klopp fez elogios aos jogadores. "É excelente. Nós fizemos isso ser muito complicado para nós mesmos. Sabíamos antes que esse tipo de coisa pudesse acontecer. Mas, na vida, é sempre sobre como você reage quando as coisas não acontecem do seu jeito", comentou.

Sobre o intervalo, quando a equipe estava perdendo por 2 a 0, o alemão comentou, ainda que por alto, a respeito do que aconteceu nos vestiários. "Sabíamos o que estava errado no intervalo. Foi um grande intervalo, mas é mais importante como os meninos reagiram. Não fomos flexíveis o suficiente no primeiro tempo. Quando vi nossos primeiros movimentos no segundo tempo, sabia que poderíamos dar a volta por cima. O mundo inteiro, no intervalo, pensou que o 3 a 0 era mais próximo na partida que o 2 a 1", destacou, após a peleja no Madrigal.

No 4-3-3 de Jurgen Klopp, o Liverpool FC levou a melhor em todas as estatísticas da partida: 56% da posse de bola e 15 finalizações totais (contra cinco dos oponentes) - sendo cinco certas. No 4-4-2 de Unai Emery, o Villarreal CF acertou dois chutes em direção ao gol.

Outros semifinalistas

O treinador dos Reds fez questão de elogiar o adversário vencido duas vezes pela própria equipe. "Respeito ao Villarreal. O estádio, o time, o treinador. Foi inacreditável o que eles montaram. Eles nos colocaram sob pressão, mas não jogávamos futebol. Tivemos que começar a jogar futebol e, de repente, quando quebramos as linhas, estávamos no jogo, marcamos gols e fizemos acontecer", pontuou.

Sobre a outra semifinal, o treinador do LFC afirmou. que não tem preferência sobre quem enfrentará no dia 28 de maio, no Stade de France. "Eu vou assistir. Quem quer que seja, será enorme. Não que eu desejasse um ou outro. Quem ganhar amanhã à noite vai merecer, então nos enfrentamos em Paris", finalizou.

No próximo sábado (07), o Liverpool volta a campo pela 36ª rodada da Premier League, recebendo o Tottenham.

VAVEL Logo