Com boa atuação de Gilkiewicz, Augsburg supera freguesia e derrota Bayern
O herói Rafal Gikiewicz (Divulgação/FC Augsburg)

Buscando conseguir a sua primeira vitória em casa na temporada, o Augsburg, que veio de um inesperado triunfo sobre o Werder Bremen na última rodada, bateu na WWK-Arena o Bayern München por 1 a 0 no clássico da região da Baviera, neste sábado (17), pela sétima rodada da Bundesliga 2022-23.

Jogando com o favoritismo e com o histórico a seu favor, conseguir uma vitória era muito importante para que o Bayern voltasse aos trilhos na Bundesliga e não descolasse dos líderes do campeonato. Vindo de sequências muito instáveis entre Champions League (vitórias contra Internazionale e Barcelona) e Bundesliga (três empates seguidos, contra Borussia Mönchengladbach, Union Berlin e Stuttgart), o Augsburg parecia ser o time ideal para uma remontada. Porém, o time parecia ter outros planos para esta chuvosa tarde.

Em 55 partidas disputadas entre os dois times, o Bayern venceu 38, marcou quase três vezes mais gols que o Augsburg (150 contra 63) e não era derrotado desde o ano de 2015, quando perdeu de 1 a 0. 

Augsburg frenético e Bayern sem precisão

O Augsburg começou a partida acelerado, surpreendendo e pressionando o Bayern, tomando iniciativa e finalizando duas vezes mesmo antes dos primeiros cinco minutos de partida. A pressão dos donos da casa no momento era tão intensa que fez com que Manuel Neuer e Matthjis De Ligt errassem na saída de bola e quase dessem a eles uma chance de abrir o placar de falta na sequência.

Apesar de manter a pressão e obrigar o Bayern a se compactar em sua área, o Augsburg não conseguia segurar a bola por muito tempo e aos 13’, Sadio Mané arrancou com a bola de frente com o goleiro Rafal Gikiewicz, que desarmou o atacante no momento em que o senegalês tentou o drible para passá-lo. Três minutos mais tarde, o goleiro polonês apareceria novamente, mas dessa vez para impedir Leroy Sané de marcar seu gol.

A partida seguiu frenética, com sete finalizações (quatro do Bayern e três do Augsburg) em quinze minutos, mas com o time de Munique levando um pouco mais de perigo com seus passes rápidos e chutes de primeira.

A primeira chance de muito perigo dos Fuggerstädter, veio dos pés de Florian Niederlechner, que finalizou com muita força e obrigou Manuel Neuer a fazer uma difícil defesa. Aos 27’ de jogo, o Augsburg já havia finalizado oito vezes, contra somente três do time do Bayern. 

Aos 32’ veio o que teria sido a melhor chance do time de Munique abrir o placar, mas Jamal Musiala a desperdiçou ao errar a finalização. Aos 38’, quem quase abriu o placar novamente foi Augsburg, após boa jogada pela esquerda e cruzamento preciso para uma boa finalização de cabeceio que passou muito perto do travessão defendido por Manuel Neuer.

Na reta final do primeiro tempo, o Bayern engatou uma boa pressão e quase marcou seu primeiro, mas Maximilian Bauer tirou a bola da frente do gol depois de um bom passe aéreo de Jamal Musiala para Leon Goretzka e garantiu que a etapa acabasse em 0 a 0.

O primeiro tempo foi muito surpreendente, marcado pela coragem do Augsburg ao encarar o Bayern com muita organização e disposição. O time soube jogar muito bem sem a posse da bola (teve apenas 28% dela ao longo dos 45’ iniciais), e finalizou nove vezes, a mesma quantidade que o Bayern. A pressão exercida pelo Augsburg também foi muito eficiente e fez com que seus oponentes tivessem apenas 76% de acuracidade em seus passes – até mesmo por parte do sempre preciso Joshua Kimmich.

Gikiewicz garante a vitória

O Bayern começou o segundo tempo de forma avassaladora. Em seus dez primeiros minutos, o time teve 75% de posse de bola e apenas não abriu o placar com suas duas finalizações no alvo devido à boas defesas do goleiro Rafal Gikiewicz.

E foi justamente no momento do jogo em que o Bayern estava melhor que o Augsburg abriu o placar. Após cobrança de falta ainda no campo de defesa, o lateral Iago dominou e passou para Mergim Berisha, que avançava pelo meio da área, abrir o placar para o time da casa aos 58’. 

O Bayern seguiu pressionando mais, agora que estava atrás no placar e empurrando cada vez mais o Augsburg dentro de sua defesa, forçando o time a se fechar em duas linhas de quatro jogadores. O time de Munique também recuperou a sua precisão, voltando a ter seus habituais 88% de passes certos durante o segundo tempo e acertando uma maior parte das suas finalizações. Os comandados do Julian Nagelsmann apenas não empataram a partida porque Rafal Gikiewicz estava em mais uma tarde inspirada e fez uma série de boas defesas.

Com o final do jogo se aproximando, os visitantes seguiram pressionando cada vez mais o time da casa, que se fechava em sua defesa e utilizava três jogadores para cercar quem estava com a posse de bola. Nos minutos finais, até mesmo o goleiro Manuel Neuer subiu para o ataque no momento de uma cobrança de escanteio para ajudar seu time – e quase teria marcado aos 94’ – mas Gikiewicz apareceu novamente para impedir que a bola cruzasse a meta de seu gol.

Apesar de ter encerrado a partida com todas as estatísticas a seu favor (77% de posse de bola, 19 finalizações e 672 passes contra apenas 200 do Augsburg), o Bayern decepcionou sua torcida pela quarta rodada da Bundesliga seguida e acabou derrotado por 1 a 0. Com a derrota o time não só perdeu a sua invencibilidade na temporada como caiu para a quarta temporada, atrás de Borussia Dortmund, Union Berlin e Freiburg.

Destaque

A vitória do Augsburg apenas foi possível por conta da boa atuação de Rafal Gikiewicz. Com seis defesas, sendo cinco feitas de finalizações de dentro da área, o goleiro garantiu pela terceira vez a vitória de seu time. Anteriormente, ele já havia feito o mesmo nas partidas contra Bayer Leverkusen (2 a 1) e Werder Bremen (1 a 0).

Classificação e próxima rodada

Com uma sequência de quatro jogos sem vencer na Bundesliga pela primeira vez em 20 anos, o Bayern caiu para a quarta colocação, com 12 pontos, enquanto o Augsburg é o 11º, com nove.

A Bundesliga fará uma pausa para a data Fifa e os times somente entrarão em campo no final de semana entre 30/09 e 02/10. O Bayern receberá o Bayer Leverkusen na Allianz Arena e o Augsburg visitará o Schalke 04 em Gelsenkirchen.
 

VAVEL Logo