Caxias vence clássico Ca-Ju e assume a vice-liderança do Campeonato Gaúcho
(Foto: Gabriel Lain / Divulgação / S.E.R. Caxias)

No início da noitre deste sábado(18) ocorreu um dos principais clássicos do Rio Grande do Sul. No estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o Caxias de Luís Carlos Winck ficou com a vitória no duelo diante do Juventude, com gol do atacante Gilmar, o Caxias foi aos 14 pontos e assumiu a vice-liderança do Campeonato Gaúcho, ficando 4 pontos atrás do líder Novo Hamburgo.

O próximo compromisso do Caxias será na próxima quinta-feira(23), às 20h30 no estádio Bento Freitas, em Pelotas, diante do Brasil-Pel. Já o Juventude também jogará fora na próxima quarta-feira(22), em Porto Alegre, às 19h30 no estádio Passo D'Areia, diante do Cruzeiro.

Primeiro tempo sem gols e com muita disputa

Nos 45 minutos iniciais do clássico Ca-Ju, podemos presenciar muita disputa física, assim, tendo uma carga emocional muito elevada no Alfredo Jaconi, típico de um grande clássico como o da cidade de Caxias do Sul. Logo, apesar da grande disputa, ninguém conseguiu abrir o marcador.

A disputa física foi o mais presenciada na primeira etapa, levando em consideração que ambas as equipes não tiveram grandes oportunidades de gol. O Caxias tentava chegar através da coletividade, aproveitando o melhor momento coletivo do time na competição, enquanto o Juventude se valia de jogadas de velocidades, usufruindo de suas individualidades.

Etapa final de gol e muita emoção

Os 45 minutos finais do clássico reservou uma carga de emoção e disputa gigantesca para os apaixonados torcedores de Juventude e Caxias. Sendo o time da casa, o Juventude logo tratou de pressionar o advsersário nos primeiros minutos do segundo tempo.

Logo, apesar da pressão inicial do Juventude, quem abriu o placar, foi o Caxias. Em cobrança de falta de Jean, o atacante Gilmar surgiu entre os zagueiros adversários, e assim, cabeceou e abriu o marcador em vantagem da equipe grená.

O Caxias permaneceu pressionando, a coletividade da equipe de Luís Carlos Winck envolvia o adversário facilmente. Com o panorama já complicado para o time da casa, ficou ainda pior após a dura falta cometida por Ruan em cima do meia Wagner, que flagrada pelo juíz da partida, levou a expulsão do zagueiro do Juventude,

Após a expulsão a partida ficou de certa forma tranquila as pretensões grená. A equipe de Winck soube administrar a partida de forma inteligente, até sofreu com algumas investidas advsersárias no final do jogo mas suportou e levou pra casa os pontos e a moral da vitória no clássico.

VAVEL Logo