Santos vence, rebaixa Coritiba para a Série B e se aproxima de vaga na Libertadores
Foto: Divulgação / Santos

Conhecemos na noite deste sábado (13) o segundo rebaixado da Série A do Campeonato Brasileiro . Em jogo válido pela 36ª rodada, o Santos recebeu o desesperado Coritiba na Vila Belmiro . Enquanto o time de Cuca buscava os três pontos para  se aproximar do G-4 do Brasileirão, só a vitória salvaria o time Gustavo Morínigo do rebaixamento. 

Dominante na partida inteira, o Santos saiu com a vitória por 2 a 0, com gols de Marinho e Marcos Leonardo. Com a derrota, o Coritiba é rebaixado para a Série B pela sexta vez em sua história.

Distribuição tática

Cuca trouxe um Santos em um 4-3-3. Com João Paulo no gol, a defesa foi formada por Laércio e Luan Peres na zaga e Felie Jonathan  e Pará nas laterais. No meio campo, Lucas Braga, Alisson e Sandry criavam as jogadas para o trio de ataque formado por Soteldo, Marinho e Kaio Jorge.

Já  Gustavo Morínigo também trouxe um Coritiba em um 4-4-2 para a Vila Belmiro. Com Arthur no gol, Nathan Ribeiro  e Nathan Silva  formavam a zaga enquanto Gabriel Biro e Jonathan completavam a defesa. No meio-campo, Hugo Moura e Matheus Ribeiro apareciam mais centralizados enquanto Sarrafiore e Luiz Henrique faziam as laterais do campo. Lá na frente, Ricardo Oliveira e Neílton trabalhavam no ataque.

Santos dominante vence o Coritiba e rebaixa os paranaenses para a Série B

Santos e Coritiba chegaram ao confronto em situações completamente opostas. Do lado dos donos da casa, o Santos procurava retomar os trilhos no Brasileirão, após a sequência de seis jogos sem vencer - incluindo a final da Libertadores. Do outro lado, o Coxa vinha de quatro jogos sem vencer e precisava de quatro vitórias para permanecer na Série A. 

Apesar das situações opostas, o jogo foi bem equilibrado no começo do jogo. Mesmo com o Santos apertando a marcação em cima da defesa do Coritiba, ainda teve dificuldade na criação das jogadas. As primeiras chances surgiram em chutes de longe de Marinho e de Luan Peres.

Porém, a pressão não durou muito tempo. Aos poucos, o Coxa equilibrou a partida e também assustou. Aos 13, Hugo Moura bateu de fora da área e João Paulo teve que espalmar. Na sequência do lance, Matheus Bueno quase acertou o canto esquerdo do goleiro.

Já aos 27, Soteldo fez bela jogada e cruzou para Kaio Jorge, mas ele não alcançou a bola. O Peixe só foi abrir o placar quando colocou velocidade, aos 36. Marinho recebeu bom passe de letra de Lucas Braga, avançou livre e tocou de cavadinha na saída do goleiro. O artilheiro do Santos ainda teve chance de ampliar o placar aos 45, mas ele mandou na rede pelo lado de fora.

Os números do primeiro tempo só mostram uma dominância do Santos na posse de bola (62%) , mas bem mal lá na frente, acertando duas das nove finalizações no gol. Já do outro lado, o Coritiba mal chegava ao campo de ataque. Foram uma finalização no gol das duas que aconteceram na primeira etapa. 

O segundo tempo trouxe melhora para os dois lados. Logo no início Mattheus, que tinha acabado de entrar, quase empatou o jogo com um belo chute, mas João Paulo conseguiu uma defesa espetacular. No lance seguinte, Felipe Jonatan invadiu a área e tentou o passe para Kaio Jorge, mas Nathan cortou antes para escanteio.

Aos 5', Robson  cruzou para Ricardo Oliveira, que se esticou e mandou para fora com perigo. Porém, o jogo já estava parado com impedimento.

Aos 19', o Santos chegou perto do gol após bela jogada de Soteldo, que encontrou Felipe Jonatan. O lateral-esquerdo cruzou rasteiro para Jean Mota mandar no cantinho e Arthur espalmar. Aos 24' Jean Mota teve mais uma chance, mas o goleiro espalmou mais uma vez. Já aos 27', Mattheus arriscou de falta e a bola passou muito perto do gol de João Paulo.

O decreto de rebaixamento do Coritiba veio aos 37 do segundo tempo, quando Laércio desviou a falta de Jean Mota de cabeça e Marcos Leonardo, sozinho, só empurrou para o fundo do gol.

Os números da segunda etapa provam que a partida ficou mais  equilíbrada na segunda etapa, mas que o Coritiba não foi capaz de aproveitar suas chances. Na segunda etapa, o time de Morínigo acertou dois de seis chutes no gol de João Paulo. Já do lado dos donos da casa, foram quatro de oito chutes no gol de Arthur. 

Classificação e próximos jogos

Com o resultado, o Santos permanece na oitava colocação, com 50 pontos - seis de diferença do G-6. Já o Coritiba permanece na zona de rebaixamento, em 18º, com 28 pontos.

Os dois times entram em campo na próxima quarta-feira por conta de jogos de rodadas atrasadas. Às 19h, o Santos tem o derby contra o Corinthians válido pela 33ª rodada e às 19h30, no Couto Pereira, o Coritiba recebe o Palmeiras em jogo válido pela 35ª rodada. 

VAVEL Logo