Campeão! Grêmio empata com Inter e conquista tetra do Campeonato Gaúcho
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

É tetra! O Grêmio segurou empate com o Internacional e conquistou o quarto título consecutivo do Campeonato Gaúcho. Com gol de Ferreira, o Tricolor saiu na frente na Arena, mas o Colorado chegou ao empate com Rodrigo Dourado

O que garantiu o título ao time de Tiago Nunes foi a vitória na primeira partida. No Beira-Rio, o Tricolor havia vencido por 2 a 1. Essa é a 40ª conquista gremista do Gauchão. 

A partida começou com poucas emoções. A primeira boa chegada gremista foi aos 14 minutos, quando Geromel ficou na cara do gol após bola escorada por Diego Souza, mas acabou mandando para fora. O Inter teve oportunidade aos 28, com chute de Palacios, que também foi pela linha de fundo. O duelo esquentou aos 37, quando Yuri Alberto e Rafinha se desentenderam e acaram expulsos, gerando uma confusão que envolveu os atletas em campo e o banco de reservas. 

Após o confronto recomeçar, tivemos boas chances para os dois lados. Aos 45, Rodinei bateu cruzado e Brenno fez ótima defesa. Na resposta, Matheus Henrique arriscou chute e acertou o travessão. 

O gol gremista saiu já nos acréscimos. Matheus Henrique deu inicio à joga, deixando a bola para Diego Souza acionar Ferreira, que mandou pro fundo da rede. 

No segundo tempo, o Colorado voltou com maior volume de jogo, enquanto o Tricolor estava mais fechado, sem dar espaços. Aos 14 minutos, foi Matheus Henrique que armou jogada e bateu, para boa defesa de Lomba.

O Inter chegou ao empate aos 21. Moisés levantou na área e Rodrigo Dourado apareceu para deixar tudo igual. 

Precisando de pelo menos mais um gol para levar o jogo aos pênaltis, o Inter teve oportunidade aos 30, com chute de Palacios que foi defendido por Brenno. Na sequência, o Grêmio desperdiçou boas oportunidades de matar o jogo. Em duas chances, Ferreira ficou cara a cara com Lomba e o goleiro colorado levou a melhor. Vanderson chegou a colocar uma na trave após chute forte. A melhor chance foi desperdiçada por Ricardinho, quando Pepê fez boa jogada individual e deixou o companheiro na cara do gol, mas ele colocou para fora. 

VAVEL Logo