Botafogo atropela Vasco, assume liderança e dizima chances de acesso do rival
Foto: Vítor Silva / Botafogo

O Botafogo não tomou conhecimento do Vasco dentro de São Januário na tarde deste domingo pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Impiedoso, o Glorisoso aplicou uma acachapante goleada por 4 a 0 e assumiu a liderança da competição.

Em paralelo, ainda dizimou as chances de acesso do rival, que vai permanecer mais um ano na Série B. Vitória dupla do Botafogo em São Januário.

10 minutos de esperança

Os primeiros 10 minutos do Vasco em São Januário foram de esperança. A equipe ainda confiava que conseguiria o acesso com uma campanha perfeita de cinco vitórias em cinco jogos. O time de Fernando Diniz sabia que a margem de erro era zero.

E a equipe teve duas grandes chances no início, com Cano e Ricardo Graça, que pararam no goleiro Diego Loureiro. A posse de bola do Vasco aí era de 82%. Mas tudo ruiu após o primeiro gol botafoguense aos 11 minutos.

Botafogo avassalador

Em contra-ataque de almanaque, Marco Antônio recebeu na frente e tocou na saída do goleiro Lucão. A partir daí, não teve mais jogo para o Vasco. O Botafogo pintou e bordou na partida e não deu chances ao adversário.

E o segundo gol não demorou a sair. Em uma bonita triangulação do time de Enderson Moreira, Rafael Navarro apareceu livre para ampliar o marcador. Era o massacre sendo desenhado.

Léo Matos ainda foi expulso infantilmente aos 25 minutos após tomar dois cartões amarelos. O abatimento dos jogadores já estava estampado nos rostos de cada um. Em contrapartida, os jogadores do Botafogo estavam em devaneio, aplicando um futebol de almanaque em São Januário, não dando chances nenhuma ao Cruzmaltino.

E saiu o terceiro gol. Em mais um contra-ataque, Oyama deu lindo passe para Marco Antônio. O meia driblou Lucão e marcou o terceiro. Massacre consolidado.

Botafogo líder e Vasco “rebaixado”

O segundo tempo não teve nenhuma mudança de postura das duas equipes. O Botafogo continuou em cima, pressionando, e o Vasco sem conseguir se encontrar.

Um dos maiores problemas do Vasco na temporada foi a jogada aérea. Foram quase 30 gols sofridos dessa forma. E não poderia deixar de sair mais um gol assim. Após bola levantada na área, Pedro Castro ajeita pro meio e Diego Gonçalves faz o quarto, fechando a goleada.

Depois disso, com o passeio consolidado, o Botafogo trocou passes aos gritos de “olé” da torcida. Ainda teve algumas chances, mas não conseguiu ampliar ainda mais o massacre. O Vasco se fechou para não tomar mais. Fim de papo, Botafogo 4 x 0 Vasco.

Festa botafoguense e choro de Nenê

Após a partida, a torcida botafoguense festejou a goleada. Além de afundar o rival, o Botafogo assumiu a liderança da Série B e está com o acesso praticamente garantido. Agora, a equipe tem quatro jogos para conquistar o título. Na próxima rodada, vai enfrentar a Ponte Preta em Campinas.

O contraste foi o choro de Nenê ao sair de campo. Ídolo Cruzmaltino, o meia sentiu muito o resultado e lamentou a campanha vascaína. O jogador também disse que só sai do Vasco após conseguir recolocar a equipe na Série A do Brasileirão.

Próximos jogos

Botafogo: Ponte Preta, Operário, Brasil e Guarani.

Vasco: Vitória, Vila Nova, Remo e Londrina.

VAVEL Logo