Patrick de Paula joga mal, Luiz Adriano se envolve em polêmica e São Paulo derrota Palmeiras reserva
Foto: Divulgação / São Paulo FC

Na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro 2021, o São Paulo conseguiu uma vitória gigantesca nesta quarta-feira (17). Em pleno Allianz Parque, a equipe venceu o Choque-Rei 332 contra o Palmeiras por 2 a 0, em duelo válido pela 33ª rodada do certame.

No 4-2-3-1 com equipe reserva (com exceção de Weverton, goleiro titular) e comandado por Abel Ferreira, o SE Palmeiras teve mais posse de bola: 56%. No 4-3-3 de Rogério Ceni, o São Paulo FC acertou mais finalizações: seis a quatro. No número total de chutes em direção ao gol, empate: dezesseis a dezesseis.

Fugindo das proximidades do Z4

A primeira boa chance da partida veio aos dois minutos, e do Palmeiras: após cobrança de falta, Jorge finalizou mal. A resposta do São Paulo veio no minuto seguinte: Reinaldo alçou bola na área e Gabriel Sara finalizou mal. Aos sete, Emiliano Rigoni errou o chute em direção ao gol. Com 21, Vitor Bueno arriscou de longe, a bola desviou em Patrick de Paula e tocou na trave direita. Segundos depois, Rigoni escorou cobrança de escanteio à direita de Weverton. O tento na partida do Brasileirão veio aos 23: Luciano, de casquinha, serviu Gabriel Sara no lado direito e ele chutou no cantinho esquerdo do goleiro palmeirense.

O São Paulo poderia ampliar o placar do Campeonato Brasileiro aos 25, com Luciano servindo Igor Vinícius de calcanhar, mas o lateral chutou alto demais. Com 27, Patrick de Paula cabeceou cobrança de escanteio nas mãos de Tiago Volpi. Com 29, Rigoni encontrou Igor Vinícius na área e o lateral finalizou alto demais. Com um minuto do segundo tempo, outra boa chance para o Tricolor contra o Porco: Emiliano Rigoni desceu pela esquerda e chutou mal - aos quatro, foi Luciano quem finalizou mal jogada semelhante. Com seis, Igor Vinícius, venceu Willian e chutou nas mãos de Weverton. 

Aos sete, Gabriel Sara desceu pela direita e desperdiçou outra boa chance para o SPFC chutando bola em cima de Weverton. Com catorze, Danilo tabelou com Patrick de Paula e finalizou para boa defesa de Tiago Volpi em dois tempos. Aos quinze, o golpe fatal: após erro bobo de Patrick de Paula, Luciano aproveitou e finalizou forte no lado direito para dobrar a vantagem contra o SEP. Com dezenove, Luciano escorou cruzamento na área e o goleiro do Verdão defendeu bem.

Aos 21 minutos, Jorge cruzou da esquerda e Luiz Adriano desistiu de ir na bola para finalizar. No minuto seguinte, o centroavante foi substituído e muito vaiado, saindo batendo palmas ironicamente para a torcida - que passou a vaiá-lo. Com 23, Rony foi acionado por Raphael Veiga e Tiago Volpi fez boa defesa, com Patrick de Paula errando a finalização no rebote. Com 39, Rony desceu pela direita e cruzou para Zé Rafael finalizar por cima do gol. Com 43, Gustavo Scarpa cobrou falta no travessão. Com 45, Eder recebeu na esquerda e Gabriel Sara fuzilou na frente do arqueiro palestrino - após revisão do VAR, o tento foi invalidado. 

Próximos jogos

Na 34ª rodada do Brasileirão 2021, após o Choque-Rei, o Palmeiras viaja para enfrentar o Fortaleza, no próximo sábado (20), às 19h (Horário de Brasília), quatro dias antes do São Paulo receber o Athletico às 21h30.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo