Especial Vavel à carreira de Totti

A 27 de Setembro de 1976 nasce em Roma aquele que viria a ser um dos maiores símbolos da AS Roma e do mundo do futebol, de seu nome Francesco Totti. O eterno capitão dos Giallorossi completa a sua 25ª época na equipa principal, sendo esta a sua última temporada ao serviço do seu clube de sempre.

Especial Vavel à carreira de Totti
Especial Vavel à carreira de Totti

Foi em 1989, com apenas 13 anos, que o pequeno Francesco Totti colocou os pés pela primeira vez no clube que representa até aos dias de hoje. Diante do assédio de Lazio, AC Milan e Juventus, Francesco não hesitou e escolheu o seu clube do coração, a AS Roma.

Três anos depois, com 16 anos, Totti estreava-se pela Roma. Comandada pelo técnico Vujadin Boskov, os "giallorossi" visitam o Brescia na reta final da Serie A e Francesco entra na segunda parte, por troca com Ruggiero Rizztelli. Neste dia deu-se o ínicio de uma das mais belas histórias de amor que o futebol já viu.

Foto: ASP
Foto: ASP

Dias após a sua estreia como profissional, a mãe do agora camisola 10, recebeu uma chamada em casa. Do outro lado da linha estava Ariedo Braida, presidente do AC Milan, que estava interessado em contratar Totti.

O emblema Rossoneri oferecia acolhimento, acompanhamento nos estudos e afirmava que a parte economia não constituia problema, mas prontamente Fiorella respondeu "Francesco só quer a Roma".

Desde cedo que a sua lealdade à Roma é notória e agora com 40 anos, quase 41, prepara-se, supostamente, para deixar os relvados.

A 3 de maio, Monchi foi apresentado na Roma como novo diretor desportivo e nas suas declarações afirmava que este seria o último ano de contrato de Totti como jogador da Roma mas que contava com ele para o corpo diretivo.

Numa mais recente declaração pública, Francesco foi confrontado se iria ou não, a 28 de maio no Estádio Olimpico, fazer o seu o último jogo com o símbolo da Roma ao peito, Francesco respondeu "Não sei".

Ao serviço da Roma, o italiano venceu o campeonato italiano em 2000/2001, a Taça de Itália em 2006/2007 e 2008/2009, e a Supertaça Italiana em 2001 e 2007.

Com 40 anos e um historial longo de lesões, o seu tempo em campo é escasso. Esta época completou apenas 25 jogos em todas as competições e marcou 3 golos mas mesmo assim não deixa de ser um dos jogadores mais importantes para o emblema italiano.

A dúvida paira sobre se Totti vai ou não pendurar as chuteiras mas se assim for, o mundo do futebol vai perder mais uma das suas maiores lendas.