Vitória arrancada a ferros nos descontos

Portugal venceu o Egito por 2-1. Foi um jogo difícil, muito disputado e marcado por alguma sorte. Apesar de ser um jogo amigável, a seleção portuguesa lutou até ao fim e conseguiu arrancar a vitória na parte final do encontro.

Vitória arrancada a ferros nos descontos
Ronaldo decidiu a partida com 2 golos // Fonte: record

          Num jogo muito disputado sobretudo a meio campo, foram os egípcios que conseguiram fazer o primeiro golo da partida, já na segunda parte. Mohamed Salah aos 56 minutos fez o primeiro golo do jogo. Numa jogada em que a defesa de Portugal fica mal na fotografia devido ao espaço concedido, a estrela da seleção egípcia não desperdiçou e com um remate forte colocou a bola dentro da baliza de Beto.

          Até à parte final da partida sucederam-se as oportunidades e tentativas de golo por parte da seleção das quinas, embora todas sem sucesso. O empate chegou tarde na partida, já aos 90+2 minutos por parte de Cristiano Ronaldo com um bom cabeceamento. Ricardo Quaresma, com um grande cruzamento colocou a bola na cabeça de Ronaldo e este não desperdiçou.

          Já no limite do tempo de descontos, aos 90+4 após um livre marcado por Quaresma, mais uma vez Cristiano Ronaldo subiu para cabecear para o fundo das redes. O lance suscitou algumas dúvidas para o árbitro que teve de pedir a intervenção do Vídeo-árbitro. Após a análise do lance, o golo foi considerado válido e estava consumada a reviravolta no jogo e a vitória para Portugal.