FC Porto x Marítimo: alta pressão na estreia de José Peseiro

O FC Porto recebe este Domingo a formação insular em jogo a contar para a 19ª Jornada da Liga NOS.

FC Porto x Marítimo: alta pressão na estreia de José Peseiro
Porto x Marítimo: a pressão de lutar pelo título.

Em dia de eleições, será que o FC Porto conseguirá manter-se na luta e ser um candidato ao título, agora com um novo técnico, que até já tem algumas provas dadas no futebol português, ou vai continuar no caminho dos maus resultados, e perder mais pontos, afastando-se cada vez mais dos lugares cimeiros?! No sistema táctico dos Dragões fica a expectativa em perceber se José Peseiro irá alterar a forma de jogar dos azuis e brancos, numa partida em que o Porto é obrigado a vencer, depois das vitórias de Benfica e Sporting no passado Sábado. 

FC Porto: teste duro na estreia de Peseiro

Os Dragões passam uma das piores fases da temporada e a distância para os primeiros lugares é cada vez maior, e pode aumentar ainda mais, em caso de perda de pontos frente aos insulares. Duas derrotas consecutivas marcam negativamente o registo dos azuis e brancos, nos últimos dois jogos, frente ao Vitória de Guimarães e Famalicão. Com toda a certeza que o novo técnico, José Peseiro, vai querer dar uma reviravolta aos acontecimentos e começar com o pé direito, ou seja, com uma vitória.

Já pelos lados da Madeira, o Marítimo também tem um novo treinador. Trata-se de Nelo Vingada, que também fará o seu primeiro jogo oficial ao comando da formação madeirense, depois da saída de Ivo Vieira. Na última jornada, e em derby madeirense, o Marítimo cedeu uma vitória pela margem mínima, frente ao União da Madeira. O 12º posto ocupado neste momento, está muito aquém das expectativas do início da temporada. 

José Peseiro não poderá contar nem com Evandro, nem com Bueno, ambos devido a lesão. Já o técnico da formação madeirense não irá puder contar com Dirceu, Raúl Silva e Rúben Ferreira devido a castigo. Deyvison está lesionado e também não entra nas contas de Nelo Vingada. Por último, Tiago Rodrigues também não vai a jogo, devido a uma clásula existente entre os dois clubes, que não o permite defrontar o clube de origem (Tiago Rodrigues está por empréstimo no Marítimo). Nenhum dos técnicos divulgou a lista de convocados para o encontro desta noite. 

Dado estatístico bastante curioso é a ausência de vitórias do Marítimo no terreno dos Dragões. Em 35 encontros, nem uma vitória! De resto, o FC Porto conta com 33 vitórias e 2 empates. No entanto, recorde-se que já esta época, em jogo a contar para a Taça da Liga, o Marítimo deslocou-se ao estádio do Dragão e venceu os dragões por 1-3, numa das partidas que ditou a saída de Julen Lopetegui do comando técnico dos azuis e brancos. 

Em torno desta partida fica ainda a curiosidade de saber em que sistema táctico irá jogar o Porto. Como é sabido, José Peseiro dá preferência ao 4-4-2 losango, sistema que não tem sido comum nos dragões ao longo dos tempos. Esta alteração poderá significar uma mudança drástica no meio-campo azul e branco e faria com que o Porto passasse a alinhar com dois pontas-de-lança. O Marítimo apresenta-se no Dragão com o habitual sistema 4-3-3, jogando um pouco na expectativa sem deixa de aproveitar possíveis lances de contra-ataque. 

Futebol Português