Estoril 2013: Os sonhos realizam-se
Marco Silva foi o treinador que levou pela primeira vez a equipa da linha às competições europeias (foto: AFP)

O Estoril foi uma das grandes surpresas da época passada. O treinador Marco Silva foi o primeiro a levar a Equipa da Linha às competições europeias. O bom desempenho da equipa levou os jogadores aos olhos dos grandes clubes europeus e Luís Leal foi o primeiro a abandonar o barco.

No que há Liga Zon Sagres diz respeito, o Estoril tem contado com boas exibições, a pressão está agora sobre os ombros de toda a equipa que pela voz de Marco Silva continua a prometer  “bom futebol e uma vontade de continuar a surpreender”, nas palavras do técnico.

Um sonho que acabou por ser real

A época de 2012/13 não poderia ter terminado de melhor forma para o Estoril. O quinto lugar deu a garantia de um lugar na Liga Europa. Depois de 6 empates, 13 vitórias e 11 derrotas  fizeram com que pela primeira vez o sonho dos jogadores mais novos de toda a competição se concretizassem.

Apesar do sonho se ter realizado, o Estoril despediu-se cedo da Liga Europa. Os canarinhos passaram pelo Hapoel e pelo FC Pashing e garantiram duas vitórias, já na chegada à fase de grupos as coisas acabaram por se complicar. Sevilha, Liberec e Freiburg foram as três equipas que Marco Silva defrontou, 2 empates e 4 derrotas ditaram a despedida das competições europeias. Uma saída precoce, mas “de cabeça erguida” nas palavras do treinador.

Luís Leal: o primeiro a dar nas vistas, o primeiro a abandonar o barco

Luís Leal era um dos meninos de ouro de Marco Silva. O homem-golo do Estoril acabou por abandonar a camisola amarela, para rumar à equipa do Al-Ahli, treinada por Vítor Fonseca.

Apesar de ter estado 3 épocas ao serviço da equipa da linha, com uma passagem apagada pelo União de Leiria pelo meio, o avançado era um dos melhores marcadores da equipa. Na época passada dez foram as vezes em que festejou e desde o começo da Liga já foram cinco as vezes em que Luís Leal tinha feito o gosto ao pé. A transferência foi confirmada à pouco mais de 2 semanas e desde essa altura, toda a estrutura de jogo do Estoril teve de ser mudada.

A pressão dos bons resultados

Actualmente o Estoril ocupa o 4º lugar da tabela, com 24 pontos: 7 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. À sua frente só estão Porto, Benfica e Sporting que dividem o primeiro da tabela com 33 pontos cada.

Depois de ter sido brilhante na época passada, este ano não poderia terminar de melhor forma para Marco Silva. Um quarto lugar seguro de si e das capacidades dos seus jogadores. Apesar de tudo, o Estoril só tem mais um ponto do que o Vitória de Guimarães e recebe na próxima jornada a equipa de Leonardo Jardim, que conta com apenas uma derrota até agora para o campeonato. 

VAVEL Logo