Para Coulthard, pilotos não estão satisfeitos com monolugares

Para Coulthard, pilotos não estão satisfeitos com monolugares

Para David Coulthard, os actuais pilotos de F1 não estão satisfeitos com os seus monolugares, O ex-piloto escocês voltou assim a resgatar a polémica diminuição do ruído produzido pelas unidades motrizes da presente temporada.

hugopalmeida
Hugo Picado de Almeida

De acordo com David Coulthard, ex-piloto da Williams, McLaren e Red Bull, a maioria dos pilotos não estará satisfeita com os actuais monolugares, colocando novamente a tónica na falta de ruído dos motores V6 turbo.

Perder o som é perder entusiasmo?

Para o ex-piloto escocês, parte do interesse num Grande Prémio residia no facto de «chegar à pista e ficar entusiasmado pelo som. (...) Se formos ver os Rolling Stones e eles disserem que vão tocar em acústico porque estão a envelhecer e não querem tanto barulho, o público não ficará contente. Ácontece o mesmo na F1.», explicou Coulthard, que nunca conseguiu o título nas 15 épocas que disputou.

Para o escocês, a decisão da Formula One Management é, contudo, compreensível, uma vez que permite incrementar o investimento das marcas no desporto. Recorde-se que a Mercedes, uma das equipas do campeonato que também produz carros de estrada, ameaçara abandonar a modalidade se não fossem introduzidas alterações no sentido de diminuir a capacidade dos motores, que de outro modo continuariam a ser demasiado caros e tecnologicamente demasiado distantes de eventuais aplicações aos seus automóveis de produção.

VAVEL Logo